Vexame! Vasco leva gol no fim, perde para o Coxa e termina turno em último

Gigante da Colina teve má atuação e foi castigado no final

Por O Dia

Rio - O calvário do Vasco no Brasileirão continua. Contra o Coritiba, no Maracanã, a equipe da casa, que estreava Nenê e Jorge Henrique voltou a se apresentar mal e acabou derrotada pelos paranaenses. O gol do Coxa foi marcado no fim da partida por Evandro. Com o resultado, o Gigante da Colina terminou o primeiro turno do Brasileirão na última colocação na tabela. Depois da partida, o treinador Celso Roth acabou deixando o cargo no Vasco. 

Na próxima rodada, o Vasco encara mais uma equipe que luta contra o rebaixamento. O adversário será o Goiás, no Serra Dourada, ás 18h30. Os dois times se enfrentam no sábado. Já o Coritiba recebe a Chapecoense, no domingo, dia 23, ás 11 horas da manhã

Vasco ficou no empate sem gols no MaracanãAndré Mourão

O JOGO

Em casa, estreando Nenê e Jorge Henrique, precisando da vitória para sair da lanterna, o Vasco começou o jogo contra o Coritiba tentando tomar conta da partida. Com apenas quatro minutos, o ex-jogador do Paris Saint-German avançou pelo meio e finalizou fraco para fácil defesa de Wilson. A segunda chegada do Gigante foi mais perigosa e por pouco o gol não saiu. Dagoberto recebeu em boas condições e ficou na cara do goleiro, mas o jogador tocou muito forte e a bola acabou passando por cima do gol.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

A melhor chance do Vasco na primeira etapa aconteceu aos 14 minutos. Dagoberto recebeu em condição legal e tocou por cima de Wilson, a bola chegou a Rodrigo, que sem goleiro, cabeceou por cima do gol do Coritiba, arrancando muitas lamentações dos torcedores do Vasco que marcaram presença no Maracanã.

Vasco, de Celso Roth, está na última colocaçãoAndré Mourão

A resposta do Coxa veio aos 23 minutos. Lucio Flavio, ex-jogador do Botafogo, recebeu em boas condições. O apoiador ficou na cara do gol e finalizou para boa defesa de Jordi. Na sobra, a zaga do Vasco conseguiu afastar o perigo, chutando a bola para a linha lateral.

FOTOGALERIA: Vasco perde outra e Celso Roth deixa o clube

Depois do começo bastante eletrizante a partida teve uma redução de ritmo a partir da metade do primeiro tempo. As duas equipes passaram a errar muitos passes e o duelo seguiu para o intervalo sem mais nenhuma chance clara de gol para ambos os times.

O segundo tempo começou com a postura das equipes modificadas. O Coritiba passou a tomar mais a inciativa da partida. Porém, os paranaenses tinham dificuldades em conseguir puxar jogadas de velocidade. Em um lance de bola parada, por pouco o Coxa não abriu o placar. Aos 17 minutos, Lucio Flávio cobrou falta por debaixo da barreira e bola passou perto da meta de Jordi, assustando muito os vascaínos.

Torcida do Vasco protestou contra atual momento André Mourão

Tentando modificar a partida, Celso Roth colocou Herrera no lugar de Dagoberto. A torcida criticou, mas no primeiro lance com o argentino em campo, por pouco o Vasco não marcou. Após confusão na área, a bola tocou no atacante e chegou para Rodrigo, que finalizou na pequena área para o gol, a bola desviou na zaga do Coritiba e foi para fora. Um lance incrível, que deixou a torcida vascaína desolada.

Aos 25 minutos, o Vasco teve outra grande oportunidade. Nenê deu belo passe para Christiano, que na cara do gol, finalizou para grande defesa do goleiro Wilson, salvando mais uma vez o Coritiba, no duelo do Maracanã.

O desperero era enorme no Maracanã e Celso Roth colocou o Vasco para cima. Jhon Cley e Thalles entraram para tentar de alguma maneira levar a equipe da casa ao gol salvador. Nos últimos minutos, o Gigante continuou errando muitos passes e exagerando em cruzamentos, a zaga do Coritiba conseguiu recuperar a posse de bola. E ainda houve tempo para o castigo final. Após falha da zaga vascaína, Evandro recebeu na cara de Jordi e decretou a derrota da equipe carioca no Maracanã.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 1 CORITIBA

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Raphael Claus (Fifa-SP)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP)
Renda e público: R$ 297.030,00 / 8.373 pagantes / 10.657 presentes
Cartões amarelos: Dagoberto (VAS); Lucio Flavio (CTB)
Gol: Evandro 47'/2ºT (0-1)

VASCO: Jordi; Madson, Jomar, Rodrigo e Christianno; Lucas e Serginho; Riascos (Thalles 42'/2ºT), Dagoberto (Herrera 19'/2ºT), Jorge Henrique (Jhon Cley 18'/2ºT) e Nenê - Técnico: Celso Roth.

CORITIBA: Wilson; Walisson, Rafael Marques, Leandro Silva e Juan; João Paulo, Misael (Esquerdinha 26'/2ºT), Lucio Flavio e Thiago Galhardo (Rafhael Lucas 14'/2ºT); Negueba e Henrique (Evandro 28'/2ºT) - Técnico: Ney Franco.