Jorginho evita polêmica com o Fla, mas avisa: 'Nossa resposta é no campo'

Técnico do Vasco minimiza discurso e otimismo de Guerrero

Por O Dia

Rio - O Vasco não dá bola para as provocações do Flamengo. A estratégia é falar menos e fazer mais. O técnico Jorginho minimizou o palpite de Guerrero de que o Fla vai vencer por 3 a 0. Porém, engana-se quem pensa que o Gigante da Colina não vai responder. O direito de resposta será no Maracanã, nesta quarta-feira, às 22h.

Jorginho quer que o Vasco dê a resposta ao Flamengo em campoDivulgação

"Nossa resposta é no campo. Não gosto de responder a atleta. O que queremos é a classificação", declara Jorginho.

O técnico Jorginho evitou apimentar a rivalidade e a troca de polêmicas. O objetivo é claro: não pode se transformar em violência em campo.

LEIA MAIS: Vasco x Flamengo: 35 mil ingressos vendidos para o clássico decisivo

"Às vezes, o atleta se sente bem falando assim. O mais importante é como meus atletas estão recebendo essa informação. E eles estão recebendo bem. Não existe provocação, não tem que discutir em campo. Uma das coisas que aprendi na Alemanha e no Japão é ter disciplina e respeito a meu companheiro. Mesmo adversário, não é meu inimigo. Tenho de preservar sua saúde física. É muito importante ter um grande jogo, de pegada, força e muita qualidade tática, mas temos de entender que não podemos levar a violência que vivemos para dentro de campo. Basta de violência", afirmou.


LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

O Vasco, por ter vencido o jogo de ida por 1 a 0, pode até empatar que garante a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil. O Flamengo precisa vencer por dois gols de diferença. Se ganhar por um, a vaga será decidida nos pênaltis.