Madson diz que palavras de Guerrero antes do jogo serviram como motivação

Lateral afirmou que provocações do atacante peruano em um programa de rádio foram o combustível para a equipe

Por O Dia

Rio - As provocações de Guerrero antes do clássico contra o Vasco serviram de motivação para o elenco cruzmaltino. Após o empate por 1 a 1 com o Flamengo nesta quarta-feira, no Maracanã, que garntiu a classificação do Gigante às quartas de final da Copa do Brasil, Madson fez questão de ressaltar que as palavras do atacante Rubro-Negro motivaram os vascaínos a buscarem um algo a mais dentro de campo.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

"Burramente, motivaram nossa equipe. Fizeram a gente tirar o algo a mais da nossa equipe. Aproveitamentos um defeito que eles tem (a bola área) para conseguir o empate. Já são cinco jogos de invencibilidade", disparou.

Madson afirmou que as provocações de Guerrero antes do jogo serviu de combustível para o VascoErnesto Carriço / Agência O Dia

Já Serginho preferiu não condenar Guerrero pelas palavras antes da partida e disse que no lugar do peruano também teria provocado o rival: "Entendi a palavra do Guerrero como vontade de alguém que quer ganhar. Se me perguntassem, eu também diria que iríamos ganhar. Em nenhum momento desrespeitamos eles, mas jogamos duro, na bola, mas duro", disse.

O Vasco só irá conhecer o seu rival nas quartas de final da Copa do Brasil na próxima segunda-feira, às 11h, em sorteio que será realizado na sede da CBF. Antes, o Cruzmaltino tenta reverter sua situação no Brasileiro, onde é o lanterna, e no sábado recebe o Figueirense, às 18h30, em São Januário.