Por edsel.britto

Rio - Lanterna do Brasileirão, há sete jogos sem vencer e há seis sem marcar, o Vasco vive uma situação dramática na tabela. De fora da derrota para o Figueirense no sábado por conta de suspensão, Jorge Henrique foi o escolhido da vez nesta terça-feira para tentar explicar o que tem acontecido com o Cruzmaltino. Segundo atacante, o que tem faltado para o time é tranquilidade na hora de finalizar as jogadas. Ex-Colorado, Jorge também disse que vai passar para Jorginho os pontos fracos do Internacional, próximo adversário.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

"Precisamos fazer gols. O ultimo jogo eu assisti, criamos bastante. Está faltando tranquilidade na hora de finalizar. O mais difícil é chegar na cara do gol. Tem que ter paciência na hora de fazer o gol, ser um pouco mais rápido. Treinamos bastante esta semana, e temos que criar as oportunidades. O time deles tem jogadores jovens, rápidos, que atacam muito bem. O toque de bola é perigoso, são garotos que estão surgindo no futebol brasileiro com qualidade, e eles colocam o ritmo muito forte. Vamos ter muito cuidado desde o começo. O ponto negativo deles eu vou passar só para o Jorginho, para tentar surpreendê-los", afirmou.

Jorge Henrique cobra mais calma e atenção aos jogadores do Vasco na hora das finalizaçõesPaulo Fernandes/Vasco.com.br/Divulgação

Há apenas um mês no Vasco após sair do Internacional, Jorge Henrique terá nesta quarta-feira o seu primeiro reencontro com o ex-time. Encostado na parte final da sua passagem na equipe colorada, o atacante não deixou de ressaltar que sua transferência para São Januário reacendeu a chama na sua carreira e o fez querer voltar a trabalhar e mostar seu futebol.

"A minha ida para o Internacional não foi bem-vinda. A torcida não foi favorável, devido a Copa do Brasil que eu já tinha ganho em cima deles, pelo Corinthians. O torcedor não soube separar. Fora isso, me dei muito bem com os treinadores que passaram por lá, e sempre que joguei fui feliz. Espero ter sucesso de novo pelo Vasco, fazendo gols contra o Inter, assim como contra qualquer outra equipe que enfrentarmos. Eu digo que minha vinda para cá me deu vontade de trabalhar, voltei a me realizar jogando futebol, e espero fazer uma boa partida amanhã", disse.

Com apenas 13 pontos, o Vasco segue amargando a lanterna do Brasileirão e tem complicado cada vez mais suas chances de se manter na Série A. Nesta quarta-feira, o Cruzmaltino tenta quebra o jejum de vitórias e gols contra o Internacional, às 19h30, no Beira-Rio.

Você pode gostar