Vasco enfrenta o Internacional e põe fé no 'expert' em Beira-Rio para vencer

Jorge Henrique conhece o rival e os atalhos do campo

Por O Dia

Rio Grande do Sul - O cenário é desesperador e há especialista que até já tenha decretado mais um rebaixamento. Há sete jogos sem vencer no Campeonato Brasileiro, o Vasco acumula vexames em casa e há mais de um mês não faz gol na competição. Se o ataque é ineficiente e aparece como um dos piores da história da disputa por pontos corridos, o técnico Jorginho contará, contra o Internacional, nesta quarta-feira, às 19h30, com alguém que conhece os atalhos do Beira-Rio para o time finalmente voltar a balançar a rede.

Jorge Henrique conhece o Beira-Rio%3A é uma das armas do Vasco para vencer o InternacionalDivulgação

Com a camisa do Colorado, Jorge Henrique disputou 43 partidas no estádio entre 2013 e o primeiro semestre deste ano. Embora o aproveitamento não tenha sido dos melhores - apenas três gols -, o atacante garante conhecer bem o local e que vai passar todas as informações de seu ex-clube para Jorginho.

TEMPO REAL: Acompanhe, lance a lance, o duelo entre Vasco e Internacional

“O Internacional tem jogadores jovens, que atacam com muita velocidade. É um toque de bola perigoso, com qualidade e que imprime um ritmo muito forte. É preciso ter cuidado desde o início. O ponto negativo vou passar só para o Jorginho, para tentar surpreendê-los”, afirmou.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Fora do time na última rodada, por ter cumprido suspensão automática após expulsão infantil contra o Goiás, Jorge Henrique, que fez um gol no Flamengo, pela Copa do Brasil, viu evolução na equipe, na derrota para o Figueirense, sábado, no Maracanã. E pediu frieza aos companheiros.

“A gente precisa fazer gols. Fiquei fora no último jogo, mas o time criou muito. Está faltando tranquilidade na hora de finalizar, pois o mais difícil a gente tem conseguido, que é chegar na cara do gol. Tem de ter frieza e ser um pouco mais rápido. A gente se preparou para este desafio”, ressaltou.

O último gol marcado pelo Vasco no Campeonato Brasileiro foi na derrota sofrida para o Palmeiras, por 4 a 1, dia 26 de julho, em São Januário.