Fim de jejum! Leandrão marca e Vasco volta a vencer após nove rodadas

Camisa 9 faz o seu primeiro gol pelo Cruzmaltino e garante a quarta vitória da equipe no Campeonato Brasileiro

Por O Dia

Rio - Acabou o jejum do Vasco no Brasileirão. Foi sofrido, mas após um mês sem pontuar e nove jogos sem vencer, o Cruzmaltino voltou a sorrir nesta quarta-feira ao bater a Ponte Preta por 1 a 0 no Moisés Lucarelli, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. O salvador da pátria vascaína foi o recém-chegado Leandrão que marcou o seu primeiro gol com a camisa cruzmaltina. Diego Oliveira, da equipe de Campinas ainda ajudou os cariocas ao ser expulso no início do segundo tempo.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Apesar da vitória, a quarta no Brasileiro, o Vasco segue na lanterna com 16 pontos, mas consegue voltar a pontuar. No próximo domingo, o Cruzmaltino recebe o Atlético-PR, às 16h, no Maracanã buscando continuar uma arrancada para fugir do rebaixamento. Já a Ponte Preta completa um mês sem vitória e para nos 28 pontos, na 14ª posição. No mesmo dia, a Macaca volta a campo e enfrenta o Santos, às 11h, no Moisés Lucarelli.

Em seu segundo jogo pelo Vasco%2C Leandrão já balançou as redes e quebrou o jejum de vitórias cruzmaltinoMarcos Bezerra/Estadão Conteúdo

O JOGO

A partida em Campinas tinha uma escrita incômoda a ser quebrada pelas duas equipes: Um mês sem vitórias no Brasileirão. Vindo de seis derrotas seguidas, o Vasco buscava mais uma vez iniciar sua reação tentando sair da lanterna. De início, a equipe Cruzmaltina deu as cartas com mais posse de bola e tentando chegar nas bolas paradas, porém sem efetividade. A primeira boa oportunidade dos cariocas foi com Bruno Gallo, mas o meia foi mal na finalização e mandou para longe.

Com menos posse de bola e tentando explorar contra-ataques, a Ponte Preta só chegou com Adrianinho em falta defendida por Jordi. Após isso, ambos os times abusaram dos passes errados e não conseguiam criar nenhuma oportunidade de abrir o placar. Mas aos 22, Renato Chaves cabeceou firme para ótima defesa do goleiro Cruzmaltino. No lance seguinte, o Vasco respondeu com Leandrão, que parou em boa intervenção de Marcelo Lomba.

Principal peça ofensiva da Ponte Preta, Biro Biro infernizava a zaga vascaína e armava todas as chegadas da Macaca. Aos 28, o atacante também colocou Jordi para trabalhar em chute de longe. Dez minutos depois, novamente o destaque da Macaca apareceu para levar perigo ao gol do Cruzmaltino. O Vasco só voltou a produzir no último minuto do primeiro tempo com Leandrâo, que novamente parou em Marcelo Lomba. E foi só em um fraco jogo em Campinas.

O cenário no segundo tempo não se alterou com o Vasco dominando a posse de bola, mas sem conseguir criar chances. Já a Ponte Preta, tentava chegar em contra-ataques, mas também não era efetivo. Aos 13, Nenê em falta na entrada da área teve ótima oportunidade de abrir o placar, mas bateu à esquerda do gol de Marcelo Lomba.

E o que estava difícil para o time de Campinas, ficou pior no minuto seguinte. Diego Oliveira dividiu a bola com Luan e acabou acertando o rosto de Luan. O árbitro viu agressão do atacante da Ponte Preta e mostrou o vermelho, deixando o Vasco em vantagem numérica. Com um a mais em campo, o Cruzmaltino começou a dominar ainda mais a partida e apartir dos 20 iniciou uma pressão.

Primeiro com Riascos em finalização perigosa ao gol da Ponte Preta. Já na segunda oportunidade, Leandrão não desperdiçou. Madson cruzou para Andrezinho que ajeitou para o camisa 9 na entrada da área e finalizar com categoria no cantinho sem chances para Marcelo Lomba. 1 a 0 Vascão.

Com a vantagem no placar, o Vasco não aumentou o ritmo e abusou de perder oportunidades. Sem forças, a Macaca não conseguiu esboçar nenhuma reação após o gol sofrido. Já no fim da partida, Rafael Vaz ainda carimbou a trave da Ponte, mas não a oportunidade não fez falta já que a vitória após nove jogos estava garantida. Foi o primeiro triunfo de Jorginho no comando do Gigante no Brasileirão.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 0x1 VASCO

Estádio: Moisés Lucarelli (SP)
Público e Renda: 3.961 pagantes/R$ 54.900,00
Árbitro: Diego Almeida Real (RS)
Gols: Leandrão (Vasco, aos 29' do 2ºT)
Cartões Amarelo: Herrera (Vasco) e Diego Oliveira, Gilson, Ferron (Ponte Preta)
Cartões Vermelho: Diego Oliveira (Ponte Preta)

PONTE PRETA: Marcelo Lomba, Rodinei, Renato Chaves, Ferron e Gilson; Josimar, Fernando Bob, Elton (Juninho, aos 19' do 2ºT) e Adrianinho (Keno, aos 15' do 2ºT); Biro Biro (Cesinha, aos 28' do 2ºT) e Diego Oliveira. Técnico: Doriva

VASCO: Jordi, Madson, Rodrigo, Luan e Julio Cesar; Diguinho (Rafael Vaz, aos 3' do 2ºT), Julio dos Santos (Andrezinho, aos 17' do 2ºT), Bruno Gallo e Nenê; Herrera (Riascos, 17' do 2ºT) e Leandrão. Técnico: Jorginho