Vasco vence a segunda seguida e despacha o Atlético-PR no Maracanã

Julio César e Nenê fizeram os gols da vitória do Cruzmaltino

Por O Dia

Rio - Vasco e Atlético-PR se enfrentaram neste domingo em jogo válido pela 25ª rodada do Brasileirão 2015. O Cruzmaltino conseguiu sua segunda vitória seguida na competição e está firme na briga para deixar as últimas colocações. No Maracanã, Julio César e Nenê, cobrando pênalti, fizeram os gols, no 2 a 0, que deram os 3 pontos ao Gigante da Colina.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Com a vitória, o Vasco chegou aos 19 pontos e ainda permanece na última colocação da tabela de classificação do Brasileirão. A diferença para o Joinville, 19º, é de 3 pontos. Já o Atlético-PR estacionou nos 38, na 7ª colocação.

Na próxima rodada, o Vasco enfrenta Cruzeiro, quarta-feira, no Mineirão. No mesmo dia, o Atlético-PR recebe o Grêmio, no Couto Pereira.

Vasco conseguiu vencer a 2ª partida seguida no Brasileirão 2015. No Maracanã%2C o Cruzmaltino bateu o Atlético-PR por 2 a 0%2C gols de Nenê e Julio CésarFoto%3A Ernesto Carriço

O JOGO

Nem mesmo a chuva, o frio e a última colocação no Brasileirão fizeram o Vasco desanimar da sua saga na briga contra o rebaixamento. Aos quatro minutos da primeira etapa, Julio Cesar abriu o placar.

FOTOGALERIA: Confira as imagens da vitória do Vasco diante do Atlético-PR

Madson fez o cruzamento da direita e o lateral dominou e bateu, sem chances para o goleiro Wéverton. 1 a 0 Vasco. Logo depois, Jorge Henrique deixou o gramado sentindo dores na coxa e deu lugar para Rafael Silva.

Nenê marcou o segundo gol do VascoErnesto Carriço

A alteração não mexeu no estilo de jogo cruzmaltino e o Vasco seguiu no ataque. Julio dos Santos deu bom passe para Madson avança e entrar na área. Mas o lateral pecou no cruzamento e não conseguiu acionar Leandrão.

Na bola parada, Wéverton conseguiu evitar o segundo. Rodrigo bateu, com violência, de fora da área, e o goleirão do Furacão espalmou nos pés de Leandrão. O atacante tentou mas novamente Wéverton evitou. Grande momento do goleiro na partida.

O Atlético-PR só teve uma chance de grande perigo na primeira etapa. Daniel Hernandez recebeu passe de Walter e bateu. Mas Martin Silva provou o seu reflexo e salvou o empate com o pés esquerdo.

O 2º tempo já começou com um pênalti para o Vasco. A bola bate no braço de Kadu e o árbitro André Luiz de Freitas Castro marcou. Na cobrança, Nenê converteu.

Depois do gol, o Furacão tentou crescer na partida. Com mais posse de bola, Walter era o mais acionado no ataque, mas sozinho não havia como surpreender o goleiro Martín Silva. Com o resultado positivo, o Vasco buscou segurar o placar e subir só no contra-ataque. Fechadinho na defesa, o 2 a 0 deixou a torcida cruzmaltina mais confiante para o seguimento do Brasileirão.

Ficha Técnica

Vasco 2 x 0 Atlético-PR

Local: Maracanã (Rio de Janeiro)
Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)
Público e Renda: 9.220 pagantes / 10.805 presentes / R$ 255.180,00
Cartões Amarelos: Ewandro (CAP, aos 12' do 1º T), Martin Silva (VAS, aos 20' do 1º T), Nikão (CAP, aos 4' do 2º T) e Riascos (VAS, aos 46' do 2ºT)
Cartões Vermelhos: nenhum
Gols: Julio César (VAS, aos 4' do 1º T) e Nenê (VAS, aos 2' do 2º T)

Vasco: Martin Silva, Madson, Rodrigo, Luan e Júlio César; Serginho (Rafael Vaz, aos 33' do 2º T), Bruno Gallo, Julio dos Santos e Nenê; Jorge Henrique (Rafael Silva, aos 16' do 1º T) e Leandrão (Riascos, intervalo). Técnico: Jorginho.

Atlético-PR: Wéverton; Eduardo (Ytalo, aos 28' do 2º T), Vilches, Kadu e Sidcley; Otávio, Jadson (Dellatorre, aos 8' do 2º T), Nikão, Marcos Guilherme, Ewandro (Daniel Hernández, aos 39' do 1º T); Walter. Técnico: Milton Mendes.