Vasco de fôlego renovado

Segunda vitória seguida melhora o astral em São Januário

Por O Dia

Rio - A tarde fria e cinzenta em São Januário contrastava com a alegria dos jogadores, após a segunda vitória seguida do Vasco no Campeonato Brasileiro - como já ocorrera antes, na 9ª e na 10ª rodadas, ainda sob o comando de Celso Roth. Mas a confirmação de que os ventos são outros e que a maré mudou para valer será mesmo no jogo desta quarta-feira, às 22h, contra o Cruzeiro, no Mineirão.

Jogadores do Vasco brincam no treino%3A clima mais leve em São JanuárioMárcio Mercante / Agência O Dia

Uma vitória pode tirar o Gigante da Colina da lanterna da competição, diminuir a diferença para o primeiro time fora do Z-4, o Figueirense, e, principalmente, reconquistar de vez o coração dos vascaínos. Após os 2 a 0 sobre o Atlético-PR, a torcida aplaudiu os jogadores e gritou bem alto para quem quisesse ouvir o mantra do Atlético-MG, na conquista da Libertadores de 2013: “Eu acredito”.

VEJA MAIS: Confira a tabela e classificação do Campeonato Brasileiro

“Acreditar nós sempre acreditamos, mesmo com a série de jogos sem ganhar. Ainda mais agora com essas duas vitórias seguidas que não aconteciam havia muito tempo. Mas temos que ter os pés no chão. Temos um jogo dificílimo contra o Cruzeiro e uma vitória vai nos ajudar muito a sair dessa situação”, afirmou o volante Serginho, o único a falar com os jornalistas depois do treino regenerativo desta segunda-feira.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Experiente, ele não se ilude com os bons resultados, mas não perde a esperança. O Vasco precisa vencer nove jogos nas 13 rodadas que faltam para não dar nenhuma chance ao azar e se manter na elite do futebol brasileiro.

“O torcedor está meio carente de vitórias, dos gols que a gente não fazia. Mas a fase está voltando a ficar boa. A bola voltou a entrar e as vitórias, a acontecer. Daqui a pouco, ele vai vir para o nosso lado novamente. E, com o apoio da torcida, é difícil de o Vasco ser batido em seu campo”, garantiu o volante.

Mas, para fazer de vez as pazes com o torcedor, vencer o time mineiro é fundamental: “A torcida nos aplaudiu no fim, mas a gente sabe que tudo vai depender do jogo contra o Cruzeiro. Se vencermos, aí sim poderemos esperar um grande público a nosso favor contra o Sport.”

Vasco pode ter desfalques

O Vasco pode perder Jorge Henrique, Leandrão, Martín Silva e Rafael Silva contra o Cruzeiro. Os três primeiros fizeram exames de imagem, nesta segunda-feira à noite, e serão reavaliados nesta terça.

A tendência é que Jorge Henrique, que sofreu uma contratura na coxa no jogo diante do Atlético-PR, seja vetado. O goleiro, que sentiu a coxa direita, e Leandrão, com dores musculares, devem viajar.

Rafael Silva depende do julgamento desta terça-feira no STJD. Expulso contra o Galo, pode pegar de um a seis jogos por xingar o árbitro.