Por jessica.rocha

Rio - Afastado dos gramados devido a sua condição física, o atacante Dagoberto, de 32 anos, que defende o Vasco resolveu trocar o futebol por outro esporte nestes dias. Nesta quarta-feira, o atleta marcou presença no Pro-Am do Aberto do Brasil de golfe, no Itanhangá Golf Club, no Rio de Janeiro e ainda foi campeão da competição. O torneio reúne equipes formadas por um profissional e por três amadores.

Dagoberto participou de torneio de golfeDivulgação

"Já tenho cinco títulos brasileiros. Esse é o meu sexto", brincou Dagoberto. "Fiquei muito feliz. O golfe é uma excelente válvula de escape. Adoro o esporte e, sempre que eu posso, vou jogar uma partida", completa ele, que deu suas primeiras tacadas no Paraná e em São Paulo. Ele disse que irá assistir à competição principal do Aberto do Brasil, que acontece de quinta a domingo e distribui US$ 175 mil em prêmios e pontos para os rankings mundial e olímpico.

Dagoberto tem contrato com o Vasco até o fim do ano. O jogador pediu para não receber salários enquanto estiver afastado dos gramados. Desde que chegou ao Vasco, em março deste ano, Dagoberto fez apenas um gol e ficou mais tempo afastado para tratar de lesões do que em campo.

Além de Dagoberto outros esportistas também participaram da competição, como o ex-atacante Tita, que defendeu a seleção brasileira, o Vasco e o Flamengo, e o bicampeão olímpico de vôlei, Giovane Gávio.

Você pode gostar