Jorginho analisa derrota e garante foco total do Vasco no Clássico dos Milhões

Técnico cruzmaltino falou sobre 'trocar de chip rapidamente'

Por O Dia

São Paulo - Nada deu certo para o Vasco na noite de quarta-feira. O planejamento não saiu como o esperado e o Cruzmaltino, que vem de uma boa sequência no Campeonato Brasileiro, viu o São Paulo dominar o jogo e vencer por 3 a 0 a primeira partida das quartas de final da Copa do Brasil. A estratégia de jogar recuado e sair no contra-ataque não foi bem assimilada e os espaços para o time paulista criar surgiam o tempo todo.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

"O São Paulo ter feito o primeiro gol atrapalhou o nosso planejamento. Erramos muitos passes, que seria nosso forte jogando com o Vaz. Não gosto de substituir jogador no primeiro tempo. Mas a situação estava complicada. A marcação ficou difícil após o gol do Pato. Fizemos a troca e encaixou melhor no segundo tempo. Poderíamos ter diminuído o placar. Mas infelizmente não aconteceu. Tivemos chances, mas faltou objetividade na parte ofensiva", explicou Jorginho.

Jorginho falou sobre Copa do Brasil e Campeonato BrasileiroPaulo Fernandes/Vasco.com.br

Com o sonho da Libertadores um pouco mais complicado, resta trabalhar com a meta real. De volta ao Campeonato Brasileiro, o Vasco busca manter os bons resultados para se livrar da zona da degola e deixar pra trás o risco de rebaixamento para a Série B.

"Os jogadores têm entendido claramente que precisamos trocar o chip o mais rapidamente possível. Antes do jogo tínhamos totais condições de passar de fase. Claro que agora diminuiu. Mas ainda é possível recuperar. Jogando em São Januário eles terão muita dificuldade", disse o técnico.

O confronto do Vasco no Campeonato Brasileiro será contra o Flamengo. A grande rivalidade com o Rubro-Negro dá um toque especial ao jogo. Vivendo momentos diferentes na competição - o time da Gávea busca o G-4 -, o clássico promete ser bastante disputado.

"Não dá mais para pensar no São Paulo. O importante agora é recuperar meus atletas para encarar o Flamengo, que é o jogo da vida para a gente. Conversamos com a fisiologia e achamos que os jogadores estarão prontos. Sabemos o quanto esse jogo contra o Flamengo é difícil. Adrenalina total, rivalidade grande. Estamos em um bom momento no Brasileiro. Se a vitória vier e dobrarmos a pontuação em cinco jogos, o ânimo será ainda maior. E a combinação de resultados ainda pode nos aproximar muito dos times fora da zona", concluiu.

O Clássico dos Milhões será neste domingo, às 16h, no Maracanã. Com 23 pontos, o Vasco é o vice-lanterna do Brasileiro, na 19ª posição.