Julio Cesar destaca período sem jogos no Brasileirão e foca nos treinos

Sem perder há seis jogos, Vasco se prepara para enfrentar a Chapecoense, terça-feira, em São Januário

Por O Dia

Rio - O Vasco segue firme na caminhada para fora da Zona de Rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Na manhã desta quarta-feira, após o treino em São Januário, Júlio Cesar deu uma entrevista para o site oficial do clube e reafirmou o compromisso dos jogadores em tirar o Cruzmaltino da degola.

Julio Cesar%2C do VascoPaulo Fernandes/Vasco.com.br/Divulgação

Com os jogos do Brasil nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018, o Vasco conseguiu mais tempo para o técnico Jorginho acertar alguns detalhes na equipe. No caso de Júlio Cesar, o lateral comemora o tempo de 'folga'.

"Essa semana vem sendo muito importante. Está dando ao Jorginho um tempo a mais para trabalhar. Já havíamos tido alguns dias de preparação na semana passada, em virtude da divisão do grupo para o jogo com o São Paulo, mas apenas agora a comissão técnica tem a possibilidade de ajustar a parte tática. Esse tempo é bom também para que alguns jogadores possam descansar. O próximo jogo é muito importante para nós e com temos tudo para chegar nele ainda mais preparados", disse o lateral.

Com o campeonato já rolando, Júlio Cesar chegou ao clube em maio e teve que suar a camisa para se colocar à disposição e ajudar o Vasco.

"O meu começo foi difícil porque fiquei muito tempo parado. Foram quase oito meses sem jogar. Não é fácil voltar quando se passa um longo tempo sem atuar. Também não tive pré-temporada, o que dificultou ainda mais minha adaptação. Nos primeiros jogos, senti muito a parte física, mas agora, após essa sequência, já me sinto muito bem. Estou melhor do que quando cheguei, principalmente na parte física. Sempre temos que melhorar e tenho consciência disso. Vou seguir trabalhando forte para ajudar ainda mais o Vasco", comentou.

Para seguir sonhando em permanecer na elite do Brasileirão o precisará derrotar a Chapecoense no próximo dia 15 de outubro, às 19h30, no Maracanã.