Por pedro.logato
Publicado 30/11/2015 22:24 | Atualizado 30/11/2015 23:48

Rio - O Vasco começa hoje a sua última semana de trabalho em 2015 e ninguém quer pensar nas férias. Vencer o Coritiba fora de casa, domingo, tornou-se questão de honra para os jogadores, mesmo que a rodada não ajude o clube a continuar na Primeira Divisão do Brasileiro. Jorginho, no entanto, crê que, se o Gigante fizer a sua parte, a chance de acontecer mais uma virada histórica na Colina é grande.

Há 15 anos%2C Vasco derrotou o Palmeiras em uma virada incrívelReprodução Internet

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

O atual treinador jogava no Vasco quando a equipe perdia por 3 a 0 no primeiro tempo da final da Copa Mercosul de 2000. No, segundo tempo, porém, começou a reação para a vitória por 4 a 3 e a conquista do título. A ‘Virada do Século’, como o feito foi batizado pelos vascaínos, agora serve de exemplo e inspiração para o grupo.

“É o tipo de acontecimento que eu usei para mostrar aos jogadores que ainda é possível. Vivi aqui no Vasco uma das maiores vitórias da minha carreira e passei isso antes do jogo (com o Santos). Fora de casa, contra o Palmeiras, perdendo por 3 a 0 e até hoje todos lembram da virada. Fugir do rebaixamento seria outra fato fantástico na minha vida”, disse Jorginho, que acrescentou.

“A gente só tinha 13 pontos quando começamos a reagir. Somamos mais 27 no segundo turno. Por isso tenho muita confiança que as coisas vão acontecer”, completou o treinador, que deve confirmar Bruno Gallo no lugar de Andrezinho, suspenso.

Você pode gostar