De olhos bem abertos só no jogo do Vasco

Jorginho quer equipe concentrada no Coritiba esquecendo da necessidade de vitória de outros

Por O Dia

Rio - Neste domingo, às 17h, a atenção dos vascaínos estará dividida. O foco principal será em Curitiba, onde o time encara o Coritiba. No entanto, a cerca de 400 quilômetros da capital paranaense, o foco estará em São Paulo, onde a torcida por uma vitória do Corinthians sobre o Avaí será imensa. Mais perto, em Florianópolis, as energias positivas serão para que o Fluminense derrote o Figueirense. Para Jorginho, porém, o que realmente importa é a vitória do Vasco para fugir da degola no Brasileiro.

Jorginho quer atenção no CoritibaPaulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

“Eu só penso no meu jogo. Minha mente, coração... só penso no Coritiba e quero fazer minha parte muito bem feita. Todo mundo falando sobre o Coritiba, pensando nele. Se (os resultados) contribuírem para a gente, ficaríamos felizes”, disse Jorginho, firme na ideia de só pensar no duelo do Couto Pereira:

“Meu foco maior está no meu jogo. Precisamos ganhar porque de nada vai adiantar outra situação se não fizermos o dever de casa”, disse, embora o time jogue como visitente.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Apesar de não depender só de suas forças, Jorginho vê o Vasco mais perto de sair do Z-4 do que em quase todo Campeonato Brasileiro.

“Não tenha dúvida que afunilou muito mais, estamos no último jogo e qualquer tropeço pode atrapalhar. Mas estamos melhor do que antes. Estamos a um ponto do time fora da zona de rebaixamento. Parece muito mais difícil, mas é o que eu falei: Hoje a responsabilidade não é só nossa, mas das outras equipes”, disse Jorginho que tem dúvida para o lugar de Andrezinho, suspenso.

“Tem a possibilidade do Gallo, o próprio Julio vinha jogando várias vezes, tem a possibilidade da entrada do Mateus Pet, ou três atacantes”, concluiu.

SALÁRIOS ANTECIPADOS

Para motivar ainda mais ao jogadores, a diretoria resolveu fazer uma antecipação dos pagamentos. O salário de novembro, que deveria ser pago até o próximo dia 10, já foi acertado, assim como o décimo terceiro.