Unidos por momentos difíceis, Marcelo Mattos e Vasco buscam volta por cima

Clube e jogador tiveram uma temporada ruim em 2015

Por O Dia

Rio - Não é só o contrato assinado recentemente que une Vasco e Marcelo Mattos. No ano passado, ambos viveram momentos complicados, o clube carioca rebaixado à Série B e volante com problemas tanto na vida pessoal quanto profissional. Unidos neste ano, os dois lutam pela volta por cima.

Marcelo Mattos espera dar volta por cimaPaulo Fernandes/Vasco.com.br

"O ano foi ruim para o Vasco, para mim também. Tive que ir para a Bahia, deixei uma filha de 16 anos no Rio para terminar os estudos... É um recomeço. Estou feliz por voltar ao Rio de Janeiro, jogar por um grande clube e espero retribuir dentro de campo. Dá para ser o Marcelo Mattos de 2010. Vou continuar treinando, melhorar a parte física, e fazer o meu melhor. Se conseguir, vou cair nas graças da torcida vascaína", disse.   

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

No começo de 2015, Marcelo Mattos ainda defendia o Botafogo.No entanto, a passagem dele pelo clube não acabou da melhor maneira. Sem espaço, Marcelo Mattos teve que entrar em acordo para rescisão contratual. O tempo inativo é apontado por ele como determinante para o período em baixa no Vitória. 

"Saí do Botafogo e fiquei 45 dias parado, sem jogar. Naquela de entrar em acordo. Quando cheguei ao Vitória, fiz uma semana de treinos e fui para o jogo no meio do campeonato. Os jogadores estavam voando e não consegui acompanhar. Fui cobrado por isso, até pela torcida, mas pude dar minha contribuição para que o Vitória voltasse para Série A.", concluiu.