Vasco troca quantidade pela qualidade

Após 32 aquisições em 2015, Gigante aposta em Pikachu e Marcelo Mattos

Por O Dia

Rio - O Vasco mudou a estratégia na busca por reforços na atual gestão de Eurico Miranda. Se no primeiro mandato do presidente foram 32 contratações durante o ano, até agora houve apenas duas: Yago Pikachu e Marcelo Mattos, além da promoção de jogadores vindos da base.

Marcelo Mattos foi contratado para temporada de 2016Paulo Fernandes/Vasco.com.br

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

A política de reforços em 2015 mostrou muitos erros. Das 32 aquisições, apenas 13 seguem em São Januário — cinco jogadores se transferiram para times da Série A ou do exterior: João Carlos (Lokeren, da Bélgica), Christianno e Serginho (Sport), Gilberto (Chicago Fire, dos Estados Unidos) e Herrera (Rosario Central, da Argentina).

Onze jogadores foram atuar em equipes da Série B ou até em divisões menores, casos de Erick Daltro (foi para o Lixa, de Portugal), Leandrão (Boavista) e Bruno Telles (Mogi Mirim).
Existe ainda um grupo de quatro jogadores que seguem sem clube após deixarem a Colina — o chileno Felipe Seymour, Marcinho, Dagoberto e Daniel Rozen.