A garotada ganha vez no Vasco

Sem dinheiro, Gigante aposta em jovens com contrato longo para se dar bem em 2016

Por O Dia

Rio - Nem jogadores badalados e tampouco nomes de peso. Os reforços do Vasco para a temporada 2016 são oriundos da base e possuem contratos longos com o clube. A aposta vai na contra-mão do pensamento do ano passado, que culminou com o rebaixamento à Série B do Brasileiro. Lição aprendida e posta em prática. O elenco atual conta com dez jogadores com idade entre 17 e 20 anos e o objetivo de se firmar no time profissional.

Matheus Pet vem agradando muito no VascoPaulo Fernandes/Vasco.com.br

A maior promessa para este ano é o meia Matheus Pet. O garoto, de 17 anos, fez sua estreia na última rodada do Brasileirão de 2015 e vem conquistando o técnico Jorginho. Ele tem contrato até 2018 e pode ser titular já na estreia do Carioca, domingo, contra o Madureira.

Mas outros ganham espaço e podem ter chance. Com contrato até 2018, o atacante Renato Kayser é lapidado para um dia ser ídolo como Nenê. Além dele, o Vasco também aposta suas fichas em Evander, com vínculo até 2020, Andrey e Matheus Índio, ambos até 2018.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Para manter a ordem e motivar os jovens, o técnico Jorginho e seu auxiliar, Zinho, mantêm relação mais próxima com os garotos e demonstram paciência para transformá-los nos reforços que o Vasco vai precisar para voltar à Série A do Brasileirão.

“Jorginho e Zinho são como pais para os meninos que estão subindo agora. Falam o que está certo e o que está errado”, disse Matheus Pet.

Com apenas 20 anos, o atacante Thalles já é um veterano no Vasco e possui contrato até o fim de 2017. No time profissional há dois anos e titular da seleção sub-20, a aposta da comissão técnica é para que ele engrene este ano e possa dar retorno financeiro ao clube com uma venda para o futebol europeu. Thalles é outro a receber o apoio de Jorginho para render.

“Em alguns momentos, eu deixo de lado o treinador e falo como pai, como amigo. A gente acaba tendo uma cumplicidade muito grande, uma amizade com os atletas”, afirmou o treinador.

Jorginho ainda quer mais um atacante

Apenas Yago Pikachu e Marcelo Mattos desembarcaram no Vasco nesta temporada. Pouco para as pretensões do clube e ruim para Jorginho. O treinador salienta que está satisfeito com o desempenho dos jogadores na pré-temporada, que foi realizada em Pinheiral, mas ressalta que quer mais.

“Estou muito satisfeito com os atacantes, em particular com o Riascos, mas ainda precisamos de mais um atacante. Vamos ter dois campeonatos duros e depois vai começar a Série B e sabemos que a equipe que começa não é a que termina. Muita coisa acontece”, declarou o treinador.