Com uma equipe mista, Vasco dá mole e apenas empata com o Friburguense

Gigante da Colina tropeçou pela primeira vez no Cariocão

Por O Dia

Rio - Sem poder contar com Nenê, suspenso, o Vasco entrou em campo contra o Friburguense com uma equipe mista. Sem o seu melhor jogador, a equipe de São Januário tropeço pela primeira vez no Carioca. Na Colina, o Gigante saiu atrás, virou mas cedeu o empate para o time serrano. Riascos e Rômullo foram os artilheiros da partida, marcando dois gols cada um.

O Vasco volta aos gramados no domingo, quando enfrenta o Botafogo, em São Januário, às 19h30. Já o Friburguense encara o Fluminense na próxima quarta-feira, no Eduardo Guinle, às 21h45.

Vasco ficou apenas no empate contra o Friburguense André Mourão / Agência O Dia

O JOGO

A equipe mista do Vasco começou melhor o jogo contra o Friburguense. Com mais posse de bola, o Gigante chegou aos nove minutos e criou uma boa oportunidade. Riascos recebeu na direita, tocou para Matheus Índio, que rolou para Eder Luis. O atacante finalizou, passando perto da meta da equipe serrana. Logo depois, o jovem fez bela jogada e bateu cruzado para boa defesa de Marcos.

FOTOGALERIA: Vasco empata e perde 100% de aproveitamento no Carioca

Até então pouco presente no campo de ataque, o Friburguense conseguiu o seu gol aos 25 minutos. Rômulo recebeu, girou para cima da defesa do Vasco, e finalizou sem chances de defesa para o goleiro Martín Silva.

Riascos fez dois gols mas não impediu tropeço do VascoAndré Mourão / Agência O Dia

O Vasco sentiu o gol e o jogo perdeu intensidade. O clube de São Januário só voltou ao ataque no fim da primeira etapa e conseguiu o empate. Eder Luis recebeu pela direita e cruzou na medida para Riascos deixar tudo igual. 

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

O segundo tempo começou com o Vasco criando uma grande oportunidade. Riascos foi lançado e ficou na cara do goleiro Marcos, porém, na hora da finalização, o atacante chutou fraquinho, facilitando a vida do arqueiro do Friburguense que fez a defesa.

Melhor na partida, o Vasco só conseguiu a virada aos 32 minutos. Após cobrança de escanteio, Riascos subiu e fez o segundo dele na partida. Na comemoração, o jogador vibrou pegando o filho no colo. Só que não deu muito para o Gigante comemorar. Logo depois, Flavinho cruzou e Luan colocou a mão na bola dentro da área, pênalti. Rômulo cobrou e empatou a partida.

Os últimos minutos foram de pressão do Vasco. Porém, já com uma equipe bem desgastada, a equipe da Colina não conseguiu o terceiro gol. Com isso, a equipe de São Januário perdeu o seu 100% de aproveitamento.

FICHA TÉCNICA:
VASCO 2 X 2 FRIBURGUENSE

Local: São Januário
Data/Hora: 25/2/2016, às 19h30
Árbitro: Leandro Newley Ferreira Belota (RJ)
Cartões amarelos: Pierre (FRI)
Cartões vermelhos: -
Público e renda: Presentes: 2180 / Pagantes: 1532 / Renda: R$ 47.900,00
Gols: Rômulo (25'/1ºT e 37'º2T); Riascos (44'/1ºT e 33'/2ºT)

VASCO: Martin Silva, Madson, Luan, Rodrigo (Rafael Vaz - 20'/1ºT) e Henrique; Bruno Gallo, Julio dos Santos, Mateus Pet (Thalles - 24'/2ºT) e Matheus Índio (Yago Pikachu - Intervalo); Eder Luis e Riascos - Téc. Jorginho

FRIBURGUENSE: Marcos, Ronaldo (Sérgio Gomes - 30'/2ºT), Bidu, Diego e Flavinho; Pierre, João Victor, Gleison (Bernardo - 24'/2ºT) e Jorge Luiz; Rômulo e Maycon (Jefinho - 22'/2ºT) - Téc. Gerson Andreotti