Jorginho vê o Vasco bem longe do ideal

Mesmo invicto, técnico quer o time oscilando menos

Por O Dia

Rio - Invicto há 15 partidas, o Vasco tem a melhor campanha do Campeonato Carioca e, mesmo assim, Jorginho ainda está incomodado. Perfeccionista, o técnico tem elogiado a sua equipe a cada vitória, mas não tem gostado da irregularidade apresentada durante os 90 minutos.

“Acho que é possível manter a intensidade durante todo o jogo. Isso que temos buscado. Por isso, falo que não chegamos ao ideal. Não podemos alternar dois tempos completamente diferentes. Faltou um pouco mais da experiência dos meus jogadores para manter a posse de bola e envolver a equipe deles. No total, o mais importante foram os três pontos”, avaliou o treinador.

Jorginho ainda crê em melhora da equipePaulo Fernandes/Vasco.com.br/Divulgação

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

Na partida contra o Boavista, o Vasco dominou o primeiro tempo e caiu de produção no segundo. Ainda assim, teve chances de ampliar e faltou pontaria. Jorginho perdoou Madson, que perdeu um gol sem goleiro.

“O Madson foi para uma bola e quase gritei gol certo. Ele só deixou a bola bater. Se fosse com firmeza, faria. Ninguém quer perder gol. Todo mundo dá o seu melhor”, analisou.

PROBLEMA PARA DOMINGO

Rodrigo saiu de campo no sábado com dores musculares e terá uma semana para se recuperar para jogar o clássico com o Botafogo, domingo, em São Januário.

Uma boa notícia foi a estreia de Diguinho nesta temporada. “É um jogador que se posiciona muito bem e tem muita personalidade para jogar”, completou o treinador vascaíno.