Cestinha em triunfo do Vasco, Hélio valoriza o coletivo e a 'fome' por vitórias

Armador teve 100% de aproveitamento no primeiro quarto

Por O Dia

Rio - Com um primeiro quarto impecável, com 100% de aproveitamento nos arremessos e quatro bolas de três, Hélio comandou a reação e a virada do Vasco. O armador foi fundamental na vitória por 82 a 67 sobre o Sport, nesta segunda-feira, em São Januário, pela Liga Ouro, divisão de acesso ao NBB. Hélio foi o cestinha do Gigante da Colina com 21 pontos, sendo 16 no 1º período.

Hélio marcou 21 pontos na vitória do Vasco sobre o SportPaulo Fernandes/Vasco.com.br

O armador avaliou sua atuação contra o Sport e até "minimizou" o fato de ter sido o cestinha. A meta é sempre ajudar o Vasco e vencer. Hélio fez questão de dividir a noite especial com os companheiros.

"É confiança. As oportunidades apareceram e tive aproveitamento. Vejo pelo lado positivo, de ajudar o time. O time preparou as situações para mim, tenho de agradecer ao pivô que fez o corta-luz, ao passe que veio na hora certa. Como sempre falo na minha carreira, ser cestinha não vale de nada se você perder o jogo. O que vale é ganhar. Quero ganhar sempre. Eu vou ficar feliz se fizer dois pontos e o meu time ganhar", declarou Hélio.

O Vasco agora tem quatro vitórias em oito jogos pela Liga Ouro e está na segunda colocação. O próximo compromisso é no dia 28, contra o Ginástico, em Belo Horizonte. Em jogo, a vice-liderança.

"É um confronto direto, com oportunidade de empurrá-los para baixo. Vamos para cima, temos condição de ganhar. Estamos subindo a ladeira e queremos chegar ao topo nas finais", encerrou Hélio.