Rodrigo esclarece polêmica com 'rival' Fred e enaltece momento do Vasco

'O que aconteceu entre nós não envolve nossas equipes', diz

Por O Dia

Rio - No seu último compromisso na Taça Guanabara, o Vasco venceu o Fluminense e garantiu o título do turno do Campeonato Carioca. Se engana quem pensa que o lance mais polêmico da partida aconteceu com a bola rolando. Antes do apito inicial, Rodrigo e Fred protagonizaram um momento pouco amistoso. O zagueiro vascaíno não cumprimentou o centroavante tricolor mas, segundo ele, o desconforto não foi levado para a partida.

"Independentemente da situação que teve entre mim e ele, no jogo não tivemos jogadas desleais. O que aconteceu entre nós não envolve nossas equipes. A bola rolou e cada um tentou fazer o seu melhor dentro de campo", disse Rodrigo, em entrevista ao programa "Seleção SporTV".

Zagueiro Rodrigo falou sobre desconforto antes do clássicoPaulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

Apesar dos 21 jogos sem perder, algumas atuações do Vasco foram bastante questionadas. Porém, Rodrigo minimizou as críticas.

"Eu não vejo queda de rendimento. O Jorginho trabalha muito bem individualmente com cada jogador. Às vezes você acaba caindo no "tá tudo bem" e dá uma relaxada. É difícil manter um nível alto. Ano passado, apesar do primeiro turno do Estadual, jogamos muito bem. Mas, na hora que levava o gol, era complicado. É o que eu digo, não adianta jogar bem e perder. A gente entra em campo para ganhar. É muito melhor trabalhar com o resultado positivo, mesmo não jogando bem, do que trabalhar com uma derrota na semana", falou. 

O bom clima em São Januário é sempre exaltado pelos componentes do grupo liderado por Jorginho. O capitão Rodrigo concorda com os companheiros e revela a receita.

"Na nossa equipe não tem vaidade, isso é bacana no nosso time. Eu prefiro que alguém do meu time apareça do que o meu adversário. Jorginho e Zinho são muito importantes. Você olha para os dois e age com o mesmo respeito, é o mesmo peso. Sinto que no nosso grupo um corre pelo outro, não tem vaidade", afirmou. 

O Vasco vai enfrentar o Flamengo na semifinal do Carioca e leva a vantagem do empate. Apesar do bom retrospecto recente contra o Rubro-Negro - são oito jogos de invencibilidade -, Rodrigo  descartou o favoritismo para o clássico. 

"A gente respeita muito nossos adversários. Independentemente do rival, nosso objetivo sempre é ganhar. Temos que impor nosso trabalho, é isso que entra em campo com a gente. Espero continuar não perdendo. Jogos contra esses adversários são difíceis. Só na hora, com a atmosfera da partida, é que dá para saber como vai ser", concluiu. 

Vasco e Flamengo se enfrentam neste fim de semana, pela semifinal do Estadual. Data e local ainda não estão confirmados.