Com Vasco focado no clássico, Nenê sai em defesa de Rodrigo: 'Não é desleal'

Zagueiro cruzmaltino reencontrará Guerrero, com quem teve problemas em campo recentemente, na semifinal do Carioca

Por O Dia

Rio - A coletiva foi com Nenê, mas os holofotes estavam mesmo em Rodrigo. Protagonista de rivalidades acirradas com jogadores de outros times, o zagueiro reencontrará um de seus principais oponentes no domingo: Guerrero. Os dois, que chegaram a ser julgados pelas agressões do último Clássico dos Milhões, terão pela frente uma disputa ainda mais intensa pela vaga na final do Campeonato Carioca.

"Acho difícil citar um cara tão chato como o Rodrigo. Mas não é um cara desleal. Ele tem a cabeça dele alguma rivalidade dele ou até da imprensa. Não sei o que aconteceu no passado. É um jogador que não deixa espaço. É complicado. Não pode passar do ponto para não prejudicar a ele mesmo ou o time. Ele sabe disso, tem uma cabeça boa, sabe o momento certos de fazer as coisas sendo leal. Quando ultrapassa o limite, tem problema, como da última vez. Faz parte do futebol, da rivalidade, mas que fique em campo", analisou Nenê.

Nenê defendeu RodrigoDivulgação

O Vasco seguiu sua rotina de treinos na manhã desta quinta-feira, em São Januário, mas Jorginho optou por deixar os portões fechados. Apesar de ter a vantagem do empate para conseguir a classificação, Nenê garantiu que o Cruzmaltino só pensa na vitória.

"Quando os jogos não são bons, temos que recordar para melhorar o que fazemos de errado. Contra o Flamengo, tem que ser muita garra e determinação. É uma vantagem que nós temos, mas não podemos pensar muito nisso. Se entrarmos para empatar, acabamos perdendo", concluiu.

Flamengo e Vasco se enfrentam, buscando uma vaga na final do Campeonato Carioca, no domingo, às 16h, na Arena da Amazônia.