Vasco faz acordo visando à formação de atletas olímpicos e paralímpicos

Convênio será destinado ao remo e a natação paraolímpica, através da aquisição de equipamentos e materiais esportivos

Por O Dia

Rio - Apesar da semana decisiva para o futebol, o Vasco mostrou que os esportes olímpicos e paralímpicos também são prioridades em São Januário. Na manhã desta quinta-feira, em cerimônia formal, o presidente do Cruzmaltino, Eurico Miranda, e o presidente da Confederação Brasileira de Clubes (CBCf), Jair Alfredo Pereira, assinaram um acordo que garante ao Vasco o recebimento de uma verba pública de R$ 2.898.670,71. O valor do convênio será destinado ao remo e a natação. O mandatário vascaíno ressaltou a importância da parceria para a formação de atletas.

Eurico Miranda e Jair Alfredo PereiraPaulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

"O Vasco recebe com grande prazer o presidente da CBC. Mas, além e agradecer, eu fico na obrigação de fazer algumas considerações. Esse universo esportivo brasileiro tem pouca memória, e não conhece bem esta instituição. Este é um projeto que alavancará a formação dos atletas olímpicos e paralímpicos. Quero apenas registrar que no ano de 1999, o Vasco mandou para o Pan de Winnipeg um número superior a maioria das nações que participavam deste pan-americano, mostrando a vocação desta instituição que, sem nenhum tipo de subsidio ou ajuda governamental, já patrocinava a formação destes atletas", disse o dirigente vascaíno. 

O presidente da CBCf, Jair Alfredo Pereira, falou sobre a importância da aprovação do projeto "Retomar os anos de glória do Vasco da Gama, superando obstáculos" e esclareceu como acontecerá o repasse da verba aos clubes beneficiados. 

"É uma honra estar aqui, como presidente da CBC, assinando esse convênio de formação de atletas olímpicos e paraolímpicos. O Ministério dos Esportes é responsável pelo que está acontecendo hoje, com a liberação destes recursos para o CBC. Estávamos ansiosos por esse momento. Ganhamos a missão de repassar recursos da Lei Pelé e da Caixa para os cursos formadores. Quando o Vasco da Gama tem o direito de receber através da CBC esta quantia, o Vasco mostra ao Brasil que os clubes bem dirigidos podem sim receber recursos públicos. Então, podem ter certeza que a CBC está muito feliz de ter o Vasco como um clube disposto a participar da formação de atletas olímpicos", falou. 

O remador do Vasco, Thiago Almeida, que participou dos Jogos Olímpicos de Pequim (2008), celebrou o incentivo para os novos atletas e agradeceu aos envolvidos. 

"É difícil mensurar a importância e a felicidade que nós atletas recebemos essa notícia. Agradeço muito a CBC, agradeço ao presidente Eurico Miranda pelos esforços para cumprir os requisitos para conseguir estes barcos. Não só para equipe atual, mas para os garotos que vem aí. Eu pude presenciar como Vasco se fortaleceu em 98 ao comprar uma frota nova", disse. 

O valor destinado ao projeto "Retomar os anos de glória do Vasco da Gama, superando obstáculos" será utilizado na aquisição de materiais esportivos e na aquisição e instalação de equipamentos.