Por pedro.logato

Alagoas - Ainda de ressaca pela conquista do bicampeonato carioca, o sexto de forma invicta, o Vasco volta a campo, às 21h45, para enfrentar o CRB, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, pela Copa do Brasil. Uma competição que pode levá-lo a disputar novamente a Taça Libertadores, caso saia vencedor. Pensando alto, mas com os pés no chão, o técnico Jorginho sabe que não terá moleza esta noite. E para piorar, poderá ter alguns desfalques.

“Desejamos ir com o time completo, mas ainda vamos ver. Teremos um cuidado especial com o Martin Silva e o Luan, que saíram do jogo com algumas dores. Vamos avaliar o estado de cada jogador”, disse o técnico.

Vasco tem desafio pela Copa do Brasil nesta quarta-feiraDivulgação

Se não jogarem, o herói do título Rafael Vaz, Jordi e Yago Pikachu devem entrar. Apesar dos problemas médicos e do desgaste da equipe, o objetivo de Jorginho é vencer o CRB com dois gols de diferença e evitar o jogo de volta.

“Todo mundo quer eliminar a possibilidade da partida de volta. Mas eles têm um atacante, o Neto Baiano, que é de extrema qualidade. Têm bons jogadores. Não é fácil. Se acontecer, é maravilhoso. Mas é consequência do jogo. Os caras vêm dentro. É uma oportunidade de ouro para esses jogadores do CRB aparecerem no cenário brasileiro”, argumentou o técnico.

Outra preocupação do comandante vascaíno e com o desgaste das viagens. Além do confronto de hoje com o time alagoano, o Vasco estreia na Série B, no sábado contra o Sampaio Corrêa, no estádio Castelão, em São Luís-MA.

“Semana bem cheia. Vamos jogar mais de uma vez. Não vamos ter condição de descansar esses jogadores. Não treinamos para que eles possam estar aptos. Temos que ter todo cuidado para não perdemos nenhum jogador importante”, disse.

Quando a bola rolar, o Vasco terá um reforço e tanto. A se julgar a animação com que foi recebido no Aeroporto, não vai faltar torcida para empurrar o time para mais uma vitória.

Você pode gostar