Por edsel.britto

São Luís - A estreia na Série B não poderia ter sido melhor para o Vasco. Com três gols de Nenê e um de Riascos, o Cruzmaltino teve atuação de gala neste sábado para superar o Sampaio Corrêa, mas apesar do show ofensivo, o que mais agradou Jorginho na partida aconteceu na defesa. Ao destacar a entrega e o compromisso do elenco, o treinador destacou a determinação do zagueiro Rodrigo que salvou um gol do adversário e se chocou com a trave no momento em que o jogo já estava decidido.

"Acho que no início é fundamental começar como começamos. Mais do que uma vitória de 4 a 0, foi a postura da equipe, a organização tática, cada jogador se mantendo compromissado com o objetivo do grupo. Em momento algum a gente viu a equipe desestabilizada. A gente viu uma equipe querendo, jogando, sendo protagonista, com vontade, organização, lutando por cada bola, cada palmo dentro de campo. Isso que me deixou mais feliz. Aquela imagem do Rodrigo depois do 4 a 0 (na verdade, lance ocorreu com o placar de 3 a 0), numa situação daquela, podendo se machucar gravemente, demostra a postura da equipe, o que ela realmente quer dentro desse campeonato", afirmou Jorginho em entrevista coletiva após o jogo.

Jorginho fez questão de destacar a postura séria e entrega do elenco do Vasco na goleadaCarlos Gregório Jr / Vasco.com.br / Divulgação

Nome do jogo ao marcar três gols, Nenê também foi lembrado por Jorginho, que rasgou elogios ao seu camisa 10 afirmando que o estilo de jogo do meia está em falta no Brasil. Porém, o treinador também pediu pés no chão para equipe apesar do ótimo início na caminha de volta à Série A.

"Nenê está nesse nível técnico altíssimo desde o ano passado. Foi desejado por algumas equipes, é um meia-atacante que está mesmo em falta no Brasil e ficamos felizes por contar com ele para temporada. Vamos deixar claro que estamos apenas começando. O resultado foi importante, mas teremos jogos dificílimos pela frente. Facilitamos o jogo buscando a vitória a todo momento. Não vamos encontrar tanta facilidade em outros jogos. É muito importante manter os pés no chão, humilde e de olho no objetivo lá na frente", disse.

No próximo sábado, o Vasco recebe o Tupi, em São Januário, às 16h. Antes, o Cruzmaltino encara o CRB, na quarta-feira, em duelo válido pela Copa do Brasil.

Você pode gostar