Luan decide, Vasco vence o Tupi pela Série B e mantém sua sequência invicta

Gigante da Colina tem 100% de aproveitamento na competição

Por O Dia

Rio - O Vasco ampliou a sua série invicta que começou no Brasileiro do ano passado e permanece em 2016. A equipe carioca não teve uma boa atuação, mas derrotou o Tupi por 1 a 0, em São Januário e conseguiu a sua segunda vitória na Série B. O gol do Gigante da Colina foi marcado pelo zagueiro Luan. O clube de São Januário está invicto a 29 partidas.

Na próxima rodada, o Vasco vai enfrentar o Vila Nova, na próxima terça-feira, às 21h30, em duelo que será realizado no Mané Garrincha. Mesmo dia e horário de Tupi e Paysandu, que se enfrentam no Estádio Municipal de Juiz de Fora.

Vasco venceu por 1 a 0 em São JanuárioJoão Laet / Agência O Dia

O JOGO

O início do primeiro tempo não foi muito bom para o Vasco. Com menos de dois minutos, o Tupi teve boas chances de abrir o placar. Jonathan bateu forte de fora da área, Martín Silva defendeu, no rebote, Filipe Alves carimbou o travessão do goleiro uruguaio. Logo depois, Andrezinho sentiu dores na coxa e deixou a partida.

Mostrando pouca inspiração, o Vasco tinha mais posse de bola, mas não conseguia criar grandes oportunidades. A equipe do Tupi depois do começo promissor, também diminuiu o seu ímpeto e não conseguiu voltar a assusta na etapa inicial.

FOTOGALERIA: Luan decide e Vasco derrota o Tupi pela Segundona

Quando tudo parecia caminhar para o intervalo com um resultado sem gols, o Vasco conseguiu marcar. Nenê cobrou falta para a área, Luan antecipou o goleiro a zaga do Tupi e o goleiro Glaysson, cabeceando para o fundo das redes.

Torcida vascaína não compareceu em grande número em São JanuárioJoão Laet / Agência O Dia

O Vasco voltou mais ligado para o segundo tempo. Com mais velocidade pelos lados, o clube carioca conseguiu criar boas oportunidades, porém, Thalles não vivia uma tarde de muita inspiração e em duas oportunidades não conseguiu concluir em gol, após boas jogadas de Pikachu e de Julio dos Santos.

Aos 23 minutos, o Vasco levou um susto na partida. Marcos Serrato soltou a bomba e a bola explodiu no travessão. Martin Silva só torceu e a para a sorte do uruguaio e do Vasco, a bola acabou indo para fora. Cinco muitos depois, o goleiro salvou o Gigante. Após cruzamento, Henrique ficou cara a cara e fez com que o uruguaio fizesse boa defesa.

A tentativa de reação do Tupi sofreu um golpe aos 32 minutos. Jonathan deu uma entrada muito forte em Julio dos Santos e acabou expulso. Com um a menos, o Vasco conseguiu administrar a vantagem e ampliou a sua sequência de invencibilidade.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 0 TUPI

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Francisco Carlos do Nascimento (AL)
Público: 5.460
Renda: R$ 147.035,00
Cartões amarelos: Yago Pikachu, Evander, Martín Silva (Vasco); Filippe Formiga, Rafael Jataí (Tupi)
Cartão vermelho: Jonathan (Tupi)
Gol: Luan (Vasco), aos 39 do 1º tempo

Vasco: Martín Silva; Yago Pikachu, Rodrigo, Luan e Julio Cesar (Henrique); Marcelo Mattos, Julio dos Santos, Andrezinho (Evander) e Nenê; Jorge Henrique e Thalles
Técnico: Jorginho

Tupi: Glaysson; Filippe Formiga, Heitor, Rodolfo Mol e Bruno Costa; Rafael Jataí, Filipe Alves (Henrique), Marcos Serrato e Jonathan; Thiago Silvy (Ygor) e Giancarlo (Gabriel Sacilotto)
Técnico: Ricardo Drubscky