Nenê faz golaços, Vasco vence o Bahia, segue invicto e líder na Segundona

Equipe carioca tem quatro vitórias em quarto jogos no torneio

Por O Dia

Rio - A rotina vascaína segue a mesma na Série B. Contra o Bahia, o clube carioca abriu uma vantagem, permitiu o empate dos rivais, mas Nenê entrou em cena, com dois golaços, o camisa 10 vascaíno decidiu a partida que terminou com vitória do Gigante por 4 a 3 em São Januário. O Vasco lidera a Segundona e chegou aos 31 jogos sem perder.

O Vasco volta aos gramados na terça-feira, ás 21h30. O rival será o Oeste, na Arena Barueri. O Bahia joga no mesmo dia contra o Náutico, às 19h15, na Fonte Nova.

Vasco conseguiu mais uma vitória na Série BPaulo Fernandes/Vasco.com.br

O JOGO

Em São Januário, o Bahia começou a partida dando a impressão de que poderia complicar a vida do Vasco. Com seis minutos, os visitantes criaram uma boa oportunidade. Hernane recebeu passe de calcanhar de Renato Cajá e finalizou para o gol. Jordi foi bem na jogada e fez a defesa. 

Dez minutos depois, novamente o Brocador causou perigo ao gol vascaíno. Em belo contra-ataque do Bahia, Danilo serviu o atacante, Hernane tinha boa condição, mas não conseguiu finalizar com perigo, porque Marcelo Mattos apareceu bem na defesa e cortou a jogada.

Só que o Vasco conseguiu marcar logo no seu primeiro lance de perigo. Após jogada de Pikachu, Marcelo Lomba saiu errado do gol e Thalles apareceu livre para marcar. A vantagem do Gigante quase foi ampliada, logo depois, com Eder Luis e Nenê. O atacante finalizou de fora da área na trave, a bola sobrou para o camisa 10 que chutou para boa defesa de Lomba.

O Vasco continuou criando boas chances e ampliou antes do intervalo. Em cobrança de escanteio, Nenê colocou a bola na cabeça de Thalles, o acante cabeceou, Lomba largou e Luan apareceu para fazer o segundo do clube carioca na partida.

O segundo tempo começou quente. Com apenas dois minutos, Luan e Eder Luis tiveram duas chances, mas o goleiro Lomba salvou em uma e João Paulo em outra evitando o terceiro. Três minutos depois, o Bahia diminiu. João Paulo avançou e cruzou, Jordi saiu mal, Hernane tentou finalizar, mas a bola serviu como passe para Luisinho colocar a bola para dentro.

O Bahia foi para cima e conseguiu o empate. Após bela jogada pela direita, Tinga foi na linha de fundo e cruzou na medida para Danilo Pires deixar tudo igual aos 19 minutos. Porém, não deu tempo para o Bahia comemorar. Dois minutos depois, Pikachu fez boa jogada pela direita e a bola se ofereceu para Nenê, que acertou um belo chute marcando um golaço para o Vasco.

E o camisa 10 vascaíno fez mais um. Aos 33 minutos, Nenê cobrou falta com perfeição, sem chances de defesa para o goleiro Marcelo Lomba. O craque ainda podia ter feito mais. Após bela jogada, Nenê sofreu pênalti, porém, o camisa 10 dessa vez isolou a cobrança.

O Bahia seguia valente na partida e ainda diminuiu. Após levantamento para a área, Bruno Gallo chutou a bola na cabeça de Jordi e marcou contra o patrimônio. Porém, não houve tempo para um empate e o Vasco venceu mais uma.

FICHA TÉCNICA
VASCO 4 X 3 BAHIA

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Auxiliares: Pablo Almeida da Costa (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)
Renda/público: 9.014 presentes / 7.757 pagantes / R$ 260.510,00
Cartões amarelos: Thalles, Jorge Henrique (VAS) e Hernane, Luisinho (BAH)

GOLS: Thalles 17'/1ºT (1-0), Luan 38'/1ºT (2-0), Luisinho 4'/2ºT (2-1), Danilo Pires 19'/2ºT (2-2), Nenê 21'/2ºT (3-2), Nenê 33'/2ºT (4-2) e Bruno Gallo contra 44'/2ºT (4-3)

VASCO: Jordi, Yago Pikachu, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos e Julio dos Santos (Bruno Gallo 35'/2ºT); Eder Luis (William Oliveira 37'/2ºT), Nenê e Jorge Henrique; Thalles (Caio Monteiro 32'/2ºT). Técnico: Jorginho.

BAHIA: Marcelo Lomba, Tinga, Lucas Fonseca, Jackson e João Paulo; Feijão, Paulo Roberto (Luisinho intervalo), Danilo Pires e Renato Cajá (Gustavo Blanco 21'ºT); Thiago Ribeiro (Edigar Junio intervalo) e Hernane. Técnico: Doriva.