Jorginho afirma que Vasco poderia ter vencido e alerta: 'É preciso ser efetivo'

Cruzmaltino cedeu o empate ao Oeste, nesta terça-feira

Por O Dia

São Paulo - A noite de terça-feira não foi uma das melhores para o Vasco. Após sair na frente no placar com Nenê, o Cruzmaltino cedeu o empate por 1 a 1 ao Oeste e se viu perdendo os 100% de aproveitamento na Série B deste ano. Ainda assim, o resultado não alterou de forma significativa a campanha de Jorginho: continua na liderança da tabela. Apesar disso, o técnico garantiu que poderia ter saído da Arena Barueri com os três pontos.

"Não basta ter posse de bola, é preciso ser efetivo. Reconheço o trabalho do Fernando Diniz, mas minha equipe podia ter vencido e vencido bem. Essa questão de posse de bola às vezes cansa o outro time. Nós tivemos oportunidades", disse Jorginho, que completou:

"Não vamos ficar nos 100%, como aconteceu hoje. Não estamos jogando contra bêbado. Estamos jogando contra equipes qualificadas, como o Oeste, que vai tirar ponto de muita gente. Conseguimos neutralizar, sim, mas eles têm capacidade. São jogadores muito bem treinados e que não fazem isso casualmente. Treinamos para surpreendê-los e em alguns momentos isso foi visível, chegamos na frente do gol."

O Vasco segue líder da Série B, agora com 13 pontos, um a mais que o Atlético-GO. O Cruzmaltino volta a jogar no sábado, contra o Goiás, às 16h30, em São Januário.