Invicto e líder da Série B, Vasco tem parada dura contra o Joinville

Gigante enfrenta a equipe catarinense, fora de casa

Por O Dia

Santa Catarina - Líder isolado da Série B, o Vasco defende uma invencibilidade de 33 jogos no confronto com o Joinville, às 21h30, na Arena Catarinense. Um adversário que vai entrar em campo pressionado. Em 14º lugar com apenas seis pontos em seis rodadas, o JEC ainda não venceu em casa e promete vender caro uma derrota.

“Espero um jogo muito truncado, de muita bola parada. O Joinville é uma boa equipe e vai tentar nos surpreender”, garantiu o zagueiro Luan, único a falar com os jornalistas após o treino noturno, de ontem, em São Januário.

Nenê é a principal esperança do VascoDivulgação

Para piorar, o técnico Jorginho não poderá contar com a sua referência no ataque. Thalles levou terceiro cartão amarelo contra o Goiás e não joga. Se não quiser mudar demais o esquema tático, a tendência é que Leandrão ganhe uma nova chance.

De volta a São Januário após ser emprestado ao Boavista durante o Carioca, o atacante espera aproveitar a oportunidade, caso seja escalado, fazendo gol. Nas 12 vezes em que vestiu a camisa cruzmaltina ele marcou apenas um, na temporada passada. Caso Jorginho não entre com Leandrão, Eder Luis deverá ser o escolhido.

O último treino antes da partida foi fechado, mas a tendência é que Jorginho volte a poupar alguns jogadores, devido à desgastante maratona de jogos. Contra o Goiás, ele deixou no banco Marcelo Mattos e Julio dos Santos e escalou Diguinho e William Oliveira. Hoje, pode voltar com Mattos e manter William, que teve uma atuação muito elogiada, ficando Diguinho no banco. O volante foi absolvido no julgamento de ontem no STJD e viajou com a delegação. Na lateral, Madson foi liberado pelos médicos, mas como volta de lesão muscular Pikachu deve ser o titular.