Vasco exalta profissionalismo da equipe e quer voltar a vencer em São Januário

Gigante da Colina vive momento de instabilidade na Série B

Por O Dia

Rio - O Vasco segue na liderança do Campeonato Brasileiro Série B, porém, com a mesma pontuação que o Atlético-GO e apenas a um ponto do Ceará. As duas últimas derrotas deram fim a vantagem na tabela e permitiram que os adversários aparecessem na cola na equipe de São Januário. O auxiliar técnico Zinho encara a sequência de forma confiante e aposta na reação do grupo para voltar a vencer na competição.

Zinho aposta na semana de trabalho para vencer no sábadoPaulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

Ficamos muito tempo sem perder e agora tivemos derrotas. Mas estamos com os pés no chão e confiantes no nosso trabalho. Coloco a mão no fogo por cada jogador que o Vasco tem hoje, estão dando a vida. Não estou de demagogia. Já fui campeão muitas vezes, mas vi poucos grupos tão profissionais quanto este", disse.

O torcedor vascaíno não saiu satisfeito de São Januário nos duas últimas partidas. O Cruzmaltino foi derrotado pelo Paysandu e pelo Paraná. Zinho destacou que, jogando em casa, a pressão deve ficar para o lado oposto.

"São Januário é nossa casa. Caldeirão. Quem tem que ter dificuldade, sentir pressão aqui é o adversário", falou.

O Vasco terá a semana livre para se preparar, antes de receber o Brasil de Pelotas, neste sábado, às 18h30. Zinho comemorou a boa oportunidade para trabalhar com o grupo e realizar os ajustes necessários.

"Normalmente estávamos sendo mais no papo com os jogadores. Mas essa semana não, teremos tempo para treinar o que é o ideal. Essa parada é muito boa. Iremos priorizar tudo. Temos que recuperar os jogadores da viagem, trabalhar a parte tática novamente", concluiu.