No Vasco, hora de marcar território em São Januário e na liderança da Série B

Cruzmaltino precisa se recuperar das duas derrotas seguidas em casa e vê obrigação em superar o Brasil de Pelotas

Por O Dia

Rio - As duas derrotas seguidas em São Januário ligaram o sinal de alerta. O Vasco sabe que precisa dar a resposta neste sábado, às 18h30, contra o Brasil de Pelotas. O Gigante da Colina quer marcar o território em casa e na liderança da Série B.

Jorginho diz que Vasco precisa fazer 'um grande jogo' em São JanuárioPaulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

"Eles não podem se sentir confortáveis aqui, como aconteceu em alguns jogos. Até alguns jogos que ganhamos no Carioca. Não pode acontecer isso de jeito nenhum. Se aconteceu, foi bem esporadicamente, mas o Vasco precisa marcar mesmo o território. É nosso. Precisamos fazer um grande jogo dentro de casa", avisou Jorginho.

O Vasco lidera a Série B, com 28 pontos, por ter uma vitória a mais do que o Atlético-GO. Porém, o time entra em campo pressionado por duas derrotas seguidas no torneio. Hora de voltar a vencer.

"Conhecemos bem a equipe do Brasil de Pelotas. Entendemos o momento deles tanto dentro quanto fora de casa. Não podemos pensar em perder um jogo como esse. Os jogadores estão entendendo isso, eles sabem o quanto é importante. Aqui é a casa do Vasco, a equipe do Vasco aqui é forte", acrescentou o técnico.

Jorginho teve a semana livre para treinar o Vasco. Ele explica qual foi o foco do trabalho nos últimos dias.

"A prioridade foi que a gente entenda que nós somos primeiros e que vamos permanecer assim. Não podemos perder isso de jeito nenhum por causa de duas derrotas. Difícil se manter. O Vasco vem se mantendo assim já há um bom tempo. Recuperar esse momento. Jogadores entenderem que estamos em um bom momento e que não podemos deixar passar uma oportunidade dessa", finalizou.

Contra o Brasil de Pelotas, o Vasco será comandado por Zinho - Jorginho terá de cumprir suspensão.