Por pedro.logato

Espírito Santo - Chegou o dia de o torcedor do Vasco matar a saudade de ver seu time em campo. Após 18 dias sem jogar, por causa da paralisação da Série B do Campeonato Brasileiro durante o período olímpico, a equipe enfrenta o Sampaio Corrêa, às 16h30, em Cariacica (ES), pela 20ª rodada da competição. O técnico Jorginho ressaltou a importância desse período para a preparação física da equipe, visando a maratona de jogos do segundo semestre.

“Nós precisávamos zerar alguns problemas físicos, já que vínhamos em uma batida constante, com jogos na terça e no sábado. Uma parte dos jogadores teve seis dias de folga, aqueles que jogaram mais. Outros tiveram só dois. Foi importante para recompor”, disse o técnico.

Vasco encara o Sampaio Corrêa neste sábadoCarlos Gregório Junior / Vasco.com.br / Divulgação

Desde que voltou a comandar os treinos com todo o elenco, semana passada, Jorginho fez a maioria dos trabalhos com portões fechados. Mas, segundo o treinador, não há mistério algum.

“Não tem uma questão de mistério. As ordens de treino fechado foram de cima (da diretoria). Tivemos períodos de treino no campo anexo, também no campo de jogo para organizarmos a equipe taticamente. Trabalhamos muito a questão da parte ofensiva, a equipe ter a paciência necessária e trabalho com toques rápidos”, comentou.

Com a tendência de repetir o esquema do último jogo, contra o Ceará, Jorginho terá alguns desfalques para hoje. O lateral-esquerdo Julio Cesar e o atacante Júnior Dutra, testado entre os titulares ao longo da semana, não jogam, com problemas musculares. Os zagueiros Rodrigo, suspenso, e Luan, com a Seleção olímpica, também não vão entrar em campo hoje.

Você pode gostar