Por pedro.logato

São Paulo - Após o empate com o Sampaio Corrêa, lanterna da Série B, o Vasco terá uma missão mais complicada hoje. Encarar o Santos, quinto colocado na Primeira Divisão, na Vila Belmiro pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, às 19h30. Um desafio maior e também nova oportunidade de mostrar a força do time vascaíno, principalmente contra adversários da elite do futebol brasileiro.

Se tem sobrado na Série B, com cinco pontos de vantagem sobre o segundo colocado (Ceará), o Vasco também vem se dando bem contra adversários da Primeira Divisão em 2016. Foram dez jogos e nenhuma derrota, a maioria contra os rivais cariocas. Mas o time de Jorginho também encarou o Santa Cruz, na fase anterior da Copa do Brasil, e se saiu bem, com direito a vitória no Arruda. Agora é a vez do Santos, que briga pelo título.

Nenê é a grande aposta do Vasco para derrotar o SantosPaulo Fernandes/Vasco.com.br

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Vasco

“Santos é uma das lideranças do Brasileiro. É um desafio muito grande, mas já enfrentamos equipes deste nível. Vem pedreira, é um time veloz e com qualidade técnica. Vamos ter que matar um leão de cada vez. Vamos encarar com possibilidade de passar e não temos que temer ninguém”, avisou Jorginho.

Mesmo sem temer, o treinador sabe que encarará um adversário mais complicado e com qualidade superior. Por isso, pede concentração máxima para manter o bom retrospecto diante clubes da Série A.

“Falo muito da Hortência, da maneira como ela se concentrava para o arremesso. Se não se concentrar para dar um passe, não vai ser bom. Temos que ser um time muito disciplinado taticamente ou vamos ter problemas.”


Você pode gostar