Mesmo sem fazer gol, Nenê é destaque na vitória e recebe elogios de Jorginho

Técnico cruzmaltino exalta a importância do meia para o time do Vasco

Por O Dia

Rio - Quem assistiu ao jogo do Vasco contra o Joinville pode ter achado que Nenê passou longe de ser protagonista. Afinal, o meia não balançou as redes e nem deu assistências para os gols da vitória cruzmaltina por 2 a 0. Mas Jorginho não viu assim. Antes mesmo de elogiar Pikachu e Dutra, que marcaram os gols, o técnico tratou de exaltar a participação do camisa 10 da Colina.

"Eu queria destacar um atleta que normalmente é protagonista dessa equipe e hoje teve uma função fundamental que foi o Nenê. Jogamos sem o Jorge Henrique, e havia uma necessidade de disciplina tática dele e do Dutra. Víamos o Nenê dando carrinho, indo atrás. O gol do Dutra foi importante, o do Pikachu também, mas, para mim, ver o Nenê crescendo junto com a equipe e a equipe junto com o Nenê é muito importante. Ficamos muito felizes de vê-lo voltando à sua melhor forma. Ele está fazendo com que a equipe cresça junto com ele", analisou Jorginho.

Nenê recebeu elogios de JorginhoDivulgação

Outro fator, porém, chamou a atenção do técnico: a ausência da torcida em São Januário. Acostumada a lotar os estádios, a massa cruzmaltina não compareceu para apoiar o time, que vive uma situação delicada na Série B. No total, foram apenas 1.943 torcedores presentes. Jorginho pediu apoio e ressaltou a diferença de jogar diante de um estádio lotado.

"O torcedor é sempre fundamental. Fica meio sem graça o jogo. Ficamos concentrados no que precisamos fazer no jogo. Mas é diferente quando tem mais público. Hoje fizemos dois tempos conscientes, consistentes, buscando a vitória o tempo todo. Tivemos um pouquinho mais de dificuldade nessa movimentação no primeiro tempo, conseguimos acertar isso no segundo tempo. O gol facilita tudo. Foi muito importante nós jogarmos e ganharmos com confiança. O torcedor pode saber que nós vamos realmente partir para cima do Santos. Sabemos que vai ser difícil, mas um gol nosso já muda tudo. É muito importante o torcedor acreditar, saber que eles são verdadeiramente o 12º jogador em campo. Os jogadores precisam dessa motivação, vai ser fundamental para que voltemos àqueles momentos de o Vasco encher o estádio", disse.

O próximo compromisso do Vasco será na quarta-feira, contra o Santos, às 21h45, em São Januário. A partida é válida pelos oitavas de final da Copa do Brasil. O Cruzmaltino perdeu o primeiro jogo por 3 a 1. Para avançar de fase, precisa vencer por 2 a 0 ou uma vitória por três ou mais gols de diferença.