Por sarah.borborema

Rio - Nem os dias complicados na Série B tiraram a tranquilidade do goleiro Martín Silva. Peça importante na equipe do Vasco, o uruguaio pediu calma e atenção em São Januário, para evitar falhas na reta final da competição. Apesar da ansiedade dos torcedores pela confirmação do retorno à elite do futebol brasileiro, o atleta prega cautela para garantir o título.

Martín Silva pediu paciência com o grupoPaulo Fernandes/Vasco.com.br/Divulgação

"Sabemos que temos que ganhar e esperar o Atlético-GO. Temos que ter paciência. Não importam essas rodadas, o que importa é terminar em primeiro. Vamos fazer nossa parte e esperar que os times possam tirar pontos do Atlético-GO. Obrigação é mesmo (ser campeão). Sempre falei que não muda nada (para história do Vasco), mas queremos ser campeões e com um acesso tranquilo. Estamos no caminho certo", disse Martín Silva.

O Vasco viu a vantagem acabar e deixou a liderança, dando lugar ao Atlético-GO que agora possui três pontos a mais. Nesta rodada, o Cruzmaltino tem a chance de retomar a ponta da tabela, contando com a vitória sobre o Brasil de Pelotas e um tropeço do Dragão diante do Goiás. O goleiro reforçou que o time de Jorginho ainda tem etapas para cumprir na competição.

"Não muda (a postura por jogar a Série B). É a realidade do clube, a minha realidade, e quero vencê-la. Quero fazer meu trabalho da melhor maneira possível. Tenho que ter essa mentalidade no dia a dia. Não posso querer que acabe logo uma coisa que não conquistei os objetivos. Temos que ter tranquilidade e a humildade de que o mundo não vai acabar por isso. Tem que jogar e ganhar. Temos a sorte de estar em um grande clube como o Vasco. Falta pouco para voltar à Série A. A melhor forma é coroar o trabalho com o título", concluiu.

O Vasco visita o Brasil de Pelotas, neste sábado, às 16h30, no estádio Bento de Freitas.

Você pode gostar