Martín Silva minimiza vice-liderança do Vasco: 'O que importa é ser o 1º no fim'

Goleiro uruguaio falou sobre o momento atual da equipe carioca

Por O Dia


Rio - Mesmo oscilante na Série B do Campeonato Brasileiro, o Vasco pode reassumir a liderança na próxima rodada Para isso, precisaria vencer o Brasil-RS, em Pelotas (RS), fora de casa e torcer pela derrota do Atlético Goianiense para o Goiás, em Goiânia, ambos os jogos neste sábado. O goleiro uruguaio Martín Silva, no entanto, minimizou esta briga e explicou que para ele só importa quem estará na primeira colocação ao fim da última rodada.

"É possível recuperar a liderança na próxima rodada sim, mas primeiro temos que ganhar. Só podemos pensar num tropeço do Atlético Goianiense depois de fazermos a nossa parte. Não importa ficar em primeiro ou segundo agora, é fundamental que estejamos na liderança na rodada final. Temos que sempre ter paciência e fazer o nosso papel antes de contar com a ajuda das outras equipes", comentou nesta terça-feira.

Martín Silva falou sobre o momento do VascoPaulo Fernandes/Vasco.com.br/Divulgação

Depois do duelo contra o Brasil-RS, o Vasco terá pela frente Luverdense, Bragantino, Criciúma e Ceará até o fim da Série B. Martín Silva sabe da responsabilidade de levar o time carioca ao título, mas minimizou a importância da conquista ao lembrar que o determinante é recolocar o clube na elite.

"Como sempre disse, o título não vai mudar nada na história do Vasco, mas queremos ser campeões. O objetivo nosso é o acesso tranquilo e o título. A meta ainda não foi alcançada, mas estamos no caminho certo. Agora teremos rivais complicados pelo caminho. Quando time não tem nada a perder, o jogo se torna mais complicado ainda. Temos que fazer o nosso trabalho da maneira certa e cumprir com nosso objetivos com antecedência, até para ficarmos tranquilos e brigarmos pelo título até a última rodada", disse o uruguaio.