Por sarah.borborema

Rio - As vitórias tranquilas do início da caminhada na Série B deram lugar a uma sequência de tropeços e complicaram a vida do Vasco na competição. A última derrota, para o Brasil de Pelotas, pressionou ainda mais o Cruzmaltino na luta pelo acesso. Sem folga, o time seguiu a preparação para o próximo compromisso, diante do Luverdense. O zagueiro Luan reconheceu a queda de rendimento e afastou a possibilidade de deixar o time fora da Série A em 2017.

Luan pediu mudança de atitude no VascoPaulo Fernandes/Vasco.com.br

"Aconteceu uma queda em todos os setores. O time todo não está rendendo como o esperado. Falo por mim, eu preciso melhorar. Não passa na minha cabeça não subir. Passa poder amanhã ficar a sete pontos do G4", disse Luan.

O torcedor vascaíno não esconde a insatisfação com o que tem visto em campo. Luan pediu paciência e força para reconquistar a confiança da arquibancada.

"No momento, é ganhando que vamos reconquistar o torcedor. Temos que provar que somos o mesmo time do início do ano", afirmou.

Sobre o jogo contra o Luverdense, nesta terça-feira, o zagueiro vascaíno não economizou para descrever a importância de uma vitória para deixar o time mais perto da elite do futebol brasileiro.

"É uma final de Copa do Mundo. Somos obrigados a vencer. Mas não de qualquer maneira. Luverdense é um time que vem crescendo", concluiu.

O Vasco ocupa a vice-liderança da Série B, com os mesmos 58 pontos do Avaí, levando vantagem no saldo de gols. Para evitar correr riscos na reta final da competição, o Cruzmaltino precisa de uma vitória diante do Luverdense, nesta terça-feira, em São Januário, às 21h30.

Você pode gostar