Após percalços, Vasco tenta confirmar retorno à elite do Brasileirão em Criciúma

Gigante precisa de uma vitória neste sábado para conquistar o acesso

Por O Dia

Santa Catarina - O título da Série B não veio, a campanha foi decepcionante e a torcida não abraçou o time, mas nada disso importa hoje. O que interessa ao Vasco é confirmar a volta à Primeira Divisão diante do Criciúma, às 16h30 no Heriberto Hülse. Com 97% de chances, o Cruzmaltino pode subir até mesmo sem vencer. Só que, após uma campanha irregular, o que todos no clube querem é garantir a volta à elite vencendo e convencendo.

Foi assim que o Vasco conseguiu subir em 2009, na 34ª rodada, com o Maracanã lotado. Em 2016, o time de Jorginho poderia ter repetido o bom desempenho, após campanha parecida no primeiro turno, mas se enrolou e agora sofre até o fim.

Titular no jogo do acesso em 2009, Allan viveu a emoção de jogar para 78.609 pagantes na vitória por 2 a 1 sobre o Juventude. Atualmente no Napoli, o volante lembra bem aquela campanha, com apoio dos torcedores e a campanha “O sentimento não pode parar”.

Vasco tenta confirmar retorno para a Série AMatheus Alves/Vasco.com.br

“Nosso segredo foi procurar levar o Vasco (à Série A) o mais rapidamente possível. E foi muito melhor com o título. O que mais me marcou foi, no meu primeiro ano como profissional, jogar no Maracanã com estádio sempre cheio. Mesmo na Série B o torcedor ficou junto, sempre incentivando. Foi maravilhoso. E eu estava lá, ajudando a subir. foi marcante”, recordou Allan.

Sete anos — e mais duas Séries B — depois, o ânimo dos vascaínos não é mais o mesmo. E piorou com a campanha ruim. Desta vez, não será possível subir em alta como em 2009, mas isso não significa que não haverá o mesmo alívio por recolocar o Vasco no seu devido lugar.

“Precisamos fazer nossa parte. Não podemos depender de ninguém. Já deixamos passar muito tempo. Vamos para esse jogo para pontuar, para dar tranquilidade e ter uma semana maravilhosa. Será uma sensação de missão cumprida", disse Jorginho.

Se confirmar o acesso, o Vasco não terá festa, mas muito trabalho para não repetir os erros. Em 2009, a volta à Série A era encarada como aprendizado, que não se concretizou. E quem sofreu com a Série B torce para que, desta vez, seja diferente . “O Vasco volta mais fortalecido, estruturando-se para não acontecer mais. O clube é enorme, tem que estar sempre na Série A disputando títulos. Torço muito para que possa fazer grandes campeonatos a partir de agora”, completou Allan.

Vasco não deve ter desfalques em CriciúmaCarlos Gregório Junior / Vasco.com.br / Divulgação

Andrezinho, Jorge Henrique e Luan são relacionados

O Vasco mandou força máxima para Criciúma, mas Jorginho não confirmou se Andrezinho e Jorge Henrique começarão como titulares. Os dois mostraram evolução das dores no joelho esquerdo e panturrilha esquerda e foram relacionados, mas possivelmente ficarão no banco.

Recuperado de dores na coxa direita, Luan também está confirmado. Se Andrezinho realmente não começar jogando por ter ficado quase duas semanas parado, Bruno Gallo será mantido no meio.

“Todos os jogadores estão liberados. Não tem ninguém com pendência física”, comemorou o treinador.

No gol, Martín Silva voltará, mas Jorginho fez questão de ressaltar a boa participação de Jordi nos últimos dois jogos. “ Sabemos a importância dele. Mas foi muito importante o Jordi também ter ido bem.”