Cristóvão lamenta tragédia da Chape e Eurico afirma que Vasco vai ajudar o clube

Técnico falou sobre choque que o acidente trouxe ao meio do futebol

Por O Dia

Rio - O dia foi de apresentação no Vasco. Cristóvão Borges, novo técnico do clube, falou pela primeira vez com a imprensa, ao lado de Eurico Miranda na sala de coletiva. O tema envolvendo a tragédia com o voo da Chapecoense foi abordado. O comandante vascaíno afirmou que todos no futebol brasileiro estão extremamente chocados com o ocorrido. 

Eurico e Cristóvão comentaram tragédia da Chapecoense Paulo Fernandes/Vasco.com.br/Divulgação

"Estão sendo dias muito difíceis e estranhos para todos nós. É uma tragédia muito forte que atingiu a todos, não só no mundo do futebol. Por ter trabalhado com alguns, presenciado uma situação que é nosso cotidiano, a sensação é poder estar no lugar deles", afirmou.

Presidente do Vasco, Eurico Miranda prometeu auxiliar a Chapecoense, mas afirmou que há limitações para um clube de futebol. "Vamos ajudá-los, temos nossos limites, mas queremos ajudar. Só que a vida segue, ela tem que seguir", disse o mandatário.