Eurico Miranda oficializa Euriquinho como vice de futebol no Vasco

Com essa medida, filho do dirigente passa a ter mais poder em São Januário; Euriquinho deixou o cargo de assessor especial da presidência

Por O Dia

Rio - O que já acontecia em 2016 foi oficializado: Eurico Brandão, o Euriquinho, é o novo vice de futebol do Vasco, com poderes plenos. Ele terá apoio de Anderson Barros, confirmado ontem como gerente de futebol — chega nesta quarta-feira a São Januário —, e de Isaías Tinoco, mantido na diretoria. Os dois profissionais terão de responder ao filho do presidente Eurico Miranda. Euriquinho manterá o poder que já vinha exercendo no departamento e foi motivo de atritos neste ano.

Dono de um temperamento difícil%2C Euriquinho ganha mais poder em São JanuárioPaulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

O novo vice de futebol era assessor especial da presidência, mas ganhou muito espaço no futebol vascaíno a partir de 2015, quando Eurico assumiu. Com temperamento difícil, Euriquinho gerou mal-estar algumas vezes no elenco e também irritou o técnico Jorginho, que chegou a pensar em sair do clube antes do fim da Série B do Brasileiro por ficar incomodado com certas atitudes do dirigente.

As opiniões de Euriquinho também eram conflitantes com as de José Luis Moreira, antigo companheiro de Eurico e então vice de futebol, que pediu licença do cargo alegando problemas pessoais. Só que a interferência constante do filho do presidente também influenciou. Com a saída do aliado do pai, Euriquinho ganhou ainda mais força e passou a ter poder maior, ficando abaixo apenas de Eurico. E será assim na temporada de 2017.

ACELERAR CONTRATAÇÕES

Com a reformulação do departamento de futebol, Anderson Barros, que trabalhou nos últimos dois anos no Vitória e já passou por Botafogo e Figueirense, entre outros clubes, ficará responsável pelo contato direto com os jogadores e também tratará de negociações. Ele responderá a Isaías Tinoco, que foi promovido, apesar de algumas críticas a seu trabalho no ano.

A expectativa é a de que, após essas definições, a busca por reforços se intensifique. Com a renovação de Alecsandro com o Palmeiras, Luis Fabiano sai na frente. O clube deve aumentar a proposta salarial ao atacante. Outro nome na mira, Thiago Neves não deve ser aproveitado pelo Al-Jazira, o que poderia facilitar negociação por empréstimo com o clube árabe.