Com mesmo placar de 98, Vasco bate Barcelona-EQU e avança na Florida Cup

Gigante da Colina vai enfrentar o Corinthians na semifinal da competição

Por O Dia

Estados Unidos - Na primeira partida do Vasco no ano, que serviu para o time estrear as duas novas contratações da temporada, quem decidiu foram os veteranos. Com gols de Nenê e Rodrigo, a equipe venceu o Barcelona de Guayaquil por 2 a 1, de virada, neste domingo, em Fort Lauderdale, e garantiu vaga nas semifinais da Florida Cup.

Na próxima fase do torneio amistoso nos Estados Unidos, a equipe comandada por Cristóvão Borges, outro estreante do dia, enfrentará o Corinthians, que entrou como cabeça de chave e já estreará nas semifinais. O duelo acontecerá na quarta-feira, às 22 horas, em Orlando.

A outra semifinal será na quinta-feira e terá o confronto do São Paulo, outro cabeça de chave, contra o River Plate. Também neste domingo, o time argentino venceu o Millonarios, da Colômbia, por 1 a 0, com gol de Lucas Alario.

Vasco derrotou o Barcelona de GuayaquilReprodução Twitter

Com a vitória, o Vasco manteve a freguesia sobre o time equatoriano. A equipe carioca agora tem o histórico de quatro vitórias e um empate com o rival. Os triunfos mais importante aconteceram em 1998, quando as equipes se encontraram na final da Libertadores. Na época, a equipe carioca venceu o jogo de ida da decisão continental por 2 a 0 e o de volta por 2 a 1.


No duelo deste domingo, com boa presença de público no Central Broward Stadium, o treinador Cristóvão Borges voltou ao comando do Vasco após cinco anos. Em sua primeira passagem, entre os anos de 2011 e 2012, ele teve mais de 60% de aproveitamento, com 41 vitórias, 18 empates e 19 derrotas.

Em campo, ele contou com as estreias do meia Escudero e do atacante Muriqui. O primeiro vestiu a camisa vascaína pela primeira vez, enquanto o outro voltou a usá-la depois de mais dez anos, após ter atuado pela equipe vascaína entre 2004 e 2005

O time entrou em campo com a seguinte formação: Martín Silva; Madson, Luan, Rodrigo e Alan Cardoso; Evander, Julio dos Santos, Escudero e Nenê; Muriqui e Thalles. Logo no início, o Vasco levou um susto.

O Barcelona saiu na frente do placar com um gol aos 22 minutos do primeiro tempo. Esterilla cruzou da direita, a zaga vascaína ficou olhando e Vera apareceu livre no meio da área para desviar para as redes.

O time carioca não se abateu e conseguiu igualar o marcador cinco minutos mais tarde. Após cobrança de falta da direita, Rodrigo tentou ir em direção à bola e foi derrubado dentro da área. Pênalti, que Nenê cobrou para deixar tudo igual.

No segundo tempo, o Vasco foi melhor, conseguiu dominar a partida, mas sofria para transformar as chances ofensivas em gol A partida caminhava para os pênaltis, quando aos 38 minutos surgiu uma bola parada para a equipe de Cristóvão Borges. Nenê cobrou e Rodrigo desviou de cabeça para garantir a classificação

No confronto deste domingo, Cristóvão promoveu apenas quatro modificações na equipe titular no decorrer da partida para observar jogadores do seu elenco. Os reforços Escudero e Muriqui deram lugares respectivamente a Guilherme Costa e Eder Luis, enquanto Éderson substituiu Thalles e Thalles saiu para entrada de Henrique.