Apesar da vitória, Cristóvão não se satisfaz com elenco: 'Distante do ideal'

Técnico afirmou que as chances perdidas pelo time não podem continuar

Por O Dia

Rio - A torcida vascaína pôde respirar aliviada depois da vitória sobre a Portuguesa, neste sábado. Com os três pontos, o Vasco garantiu sua passagem para as semi-finais da Taça Guanabara e aguarda os resultados deste domingo para conhecer seu adversário. No entanto, para Cristóvão Borges, ainda há o que melhorar.

Cristóvão chama a atenção da equipeDaniel Castelo Branco / Agência O Dia

O técnico do Vasco enfatizou que o time vem se complicando em jogos que, segundo o comandante, poderiam ter sido mais tranquilos. Cristóvão citou a derrota para o Volta Redonda, além de comentar o jogo contra a Lusa.

"A gente tem que trabalhar, porque perdemos a última partida, tomamos um gol e criamos muita chances, poderíamos ter vencido por goleada. Isso não pode continuar. Temos de aproveitar um pouco mais do que a gente aproveita. Foi demonstrado que foi bastante prejudicial. Não só isso. A equipe está sendo reconstruída. Daqui a pouco melhora o entrosamento e segue o caminho melhor."

O aspecto de reconstrução do elenco também parece incomodar Cristóvão, que admitiu não ter uma equipe pronta, ainda que reforçando a ideia de que o Vasco chega para brigar por títulos.

"Estamos distantes do ideal. Até porque estamos recebendo jogadores que estão chegando e ainda não estão prontos. Precisam de ritmo, jogar. A gente está montando a equipe durante o campeonato, vamos ficar prontos mais adiante. Mas, independentemente disso, temos equipe competitiva para poder brigar."

Na semi-final da Taça Guanabara, o Vasco enfrentará o primeiro colocado do Grupo B, definido após a partida entre Flamengo x Madureira. Caso ocorra vitória do Rubro-Negro ou empate, uma das semi-finais terá o Clássico dos Milhões.