Eurico Miranda provoca o Flamengo na véspera do clássico: 'Nada de bicho'

Mandatário vascaíno voltou a criticar a Polícia Militar por não dar garantias de segurança para o clássico no Engenhão

Por O Dia

Rio - A tradicional tentativa de Eurico Miranda de blindar o grupo antes de uma partida mais uma vez aconteceu. Dois dias antes do jogo, o presidente vascaíno deu uma coletiva no lugar de Gilberto, inicialmente escalado para falar com os jornalistas após o treino.

Eurico Miranda voltou a provocar o Flamengo na véspera de um clássicoPaulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

O dirigente vascaíno voltou a criticar a Polícia Militar por não dar garantias de segurança para o clássico no Engenhão e voltou a eximir o Vasco de responsabilidade na segurança do jogo em Volta Redonda. Ele também aproveitou para provocar o eterno arquirrival.

“Como disseram por aí, o Flamengo é o grande favorito. Na maioria dessas nove partidas, o Vasco não era o favorito”, afirmou Eurico Miranda, que completou: “Não preciso pagar bicho para jogo contra o Flamengo. Eles (jogadores) não precisam de estímulo para jogar contra o Flamengo.”