Fabuloso afasta papel de protagonista no Vasco: 'Não sou salvador da pátria'

Luis Fabiano fará sua estreia diante do Macaé, neste domingo

Por O Dia

Rio - O empate com o Vitória pela Copa do Brasil, na última quinta-feira, não agradou a torcida e realçou os sinais de desgaste da relação entre os vascaínos e o técnico Cristóvão Borges. Porém, o clima em São Januário, nesta sexta-feira, é de otimismo. O clube anunciou que Luis Fabiano finalmente fará sua estreia com a camisa cruzmaltina, contra o Macaé, pela Taça Rio.

Luis Fabiano quer boa estreia na Taça Rio e já pensa em jogo decisivo pela Copa do BrasilPaulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

Fabuloso reconhece o momento de pressão e reforça que quer dividir a responsabilidade com os experientes companheiros de equipe.

"Eu não sou salvador da pátria. Mas tenho que assumir a minha responsabilidade e importância no time para ajudar. As coisas não vão acontecer comigo jogando sozinho. O time precisa de todos. Nenê, Rodrigo, Muriqui, eu, jogadores velhos que precisam assumir a responsabilidade pelos mais novos", disse.

O empate por 1 a 1, em casa, deixou o Vasco em uma situação desconfortável para o segundo jogo contra o Vitória. Luis Fabiano vê a estreia como uma chance de ganha ritmo de jogo e poder ajudar o Cruzmaltino a garantir a classificação na competição nacional, na próxima quinta-feira.

"Vou estrear 90%. Tenho condições de entrar em campo. O 10% é ritmo de jogo. Tentar chegar melhor no jogo contra o Vitória, que é decisivo. Espero jogar bem e ganhar confiança. É um jogo muito importante, a pressão é grande e o resultado precisa ser positivo".

O primeiro jogo do Fabuloso com a camisa do Vasco será neste domingo, diante do Macaé, às 16h, no Engenhão.