Jordi se diz pronto para encarar o Flamengo: 'Clássico não se joga, se ganha'

Goleiro vascaíno terá o clube da Gávea pela frente pela primeira vez

Por O Dia

Rio - Passa a primeira vitória na Taça Rio, o Vasco já mira o clássico de domingo contra o Flamengo. Se o Rubro-Negro já está classificado para as semifinais do Carioca, o Gigante da Colina tenta somar pontos para chegar lá. Considerado o maior rival do clube de São Januário, enfrentar o Rubro-Negro será novidade para Jordi. O goleiro, que substituiu Martín Silva, convocado para a seleção uruguai falou sobre a situação especial que é encarar o maior rival do Vasco.

Jordi terá primeiro clássico contra o FlaPaulo Fernandes/Vasco.com.br/Divulgação

"Graças a Deus já tive a oportunidade de disputar três clássicos. Joguei duas vezes contra o Botafogo e outra contra o Fluminense. Foram duas vitórias e um empate. Agora jogarei o meu primeiro contra o Flamengo e espero dar continuidade ao trabalho que venho desenvolvendo. É um jogo muito importante para mim e vou trabalhar firme para ir bem. Aprendi na base que clássico não se joga, se ganha. Então, vamos em busca da vitória", afirmou.

O jovem goleiro tem dado conta do recado nas partidas em que Martín Silva não pode estar em campo. Na partida contra o Madureira não foi vazado. O arqueiro fez muitos elogios ao uruguaio e se disse pronto mais uma vez para desempenhar o seu papel.

"Sempre que o Martín está fora, entro no lugar dele e busco fazer o meu melhor. Graças a Deus, tenho conseguido manter o que ele vem fazendo. Essa vitória contra o Madureira foi muito importante para nós. O nosso time precisava dos três pontos. Posso garantir que o grupo está focado e decidido a buscar esse tricampeonato carioca. Vamos com tudo para o clássico contra o Flamengo", garantiu.