Fabuloso decide, marca 400º gol na carreira e Vasco vence o Bahia em jogo tenso

Mesmo sofrendo gol no fim, em falha de Wagner, equipe garantiu a festa da torcida, que lotou São Januário na manhã deste domingo

Por O Dia

Rio - Ninguém pode dizer que a torcida vascaína não fez sua parte. Neste domingo, às 11h da manhã, os Cruzmaltinos lotaram São Januário para ver o Vasco derrotar o Bahia, pelo placar de 2 a 1, com gols de Yago Pikachu e Luís Fabiano, que teve boa atuação e também deu passe para o primeiro gol da equipe. Gustavo descontou para os visitantes.

Luís Fabiano fez um e deu passe para outro gol do Vasco na partida contra o BahiaCarlos Gregório / Vasco.com.br

Pressionando desde o início, o Vasco aproveitou o "fator casa" e teve as melhores chances da primeira etapa, quando Luís Fabiano só não deixou o dele por conta de grandes defesas de Jean, goleiro do Bahia, que veio com time misto e uma postura mais recuada, apostando nos contra-ataques. O centroavante serviu Yago Pikachu e depois marcou o dele, para fazer os dois do time da casa. No fim, Gustavo marcou para o Bahia, após bobeada de Wagner.

Com a vitória, o Cruzmaltino conquista seus primeiros pontos no Brasileirão e alivia a pressão sobre o elenco, depois da goleada sofrida diante do Palmeiras. O próximo compromisso do Vasco é o clássico contra o Fluminense, no próximo sábado, também em São Januário.

O JOGO

Logo no começo, Luís Fabiano aproveitou bom levantamento de Douglas e tocou de cabeça, obrigando Jean a fazer boa defesa. Pouco depois, Kelvin fez grande jogada pela ponta-canhota e cruzou para Luís Fabiano. O centroavante, cara a cara com Jean, que fez defesa sensacional para evitar a abertura do placar. Na cobrança, o Fabuloso subiu livre, tocou de cabeça, mas acabou mandando à esquerda do gol do Bahia.

Já na metade da primeira etapa, o volante Jean tentou dominar uma bola no campo de defesa, se atrapalhou e fez uma verdadeira lambança. Quando Gustavo fez a roubada, sofreu a falta e o árbitro mostrou só o amarelo, em decisão duvidosa. Depois do susto, Gilberto fez boa jogada pela direita, bateu de canhota, viu a bola desviar e assustar o goleiro adversário. A melhor chance do Bahia veio em cobrança de escanteio. Depois de desvio no meio da área, Éder só precisava tocar, quase em cima da linha, mas acabou não alcançando e perdeu grande oportunidade.

Logo na volta do intervalo, o zagueiro Rafael Marques sentiu uma lesão na coxa e teve que dar lugar a Breno, que fez sua estreia com a camisa do Vasco. A primeira boa oportunidade veio com Armero. O colombiano aproveitou rebote da zaga e emendou um tiro de canhota que obrigou Martín Silva a fazer excelente defesa.

No entanto, o gol do Vasco saiu logo depois. Luís Fabiano foi bem no pivô e serviu Yago Pikachu. Cara a cara com o goleiro Jean, o camisa 11 não desperdiçou e bateu bem para abrir o placar. O garoto Matheus Vital tentou ampliar com boa jogada pela ponta-canhota, soltando uma bomba para boa defesa de Jean.

O Bahia chegou a assustar em duas jogadas aéres, aproveitando a falta de ritmo de Breno, mas o centroavante Gustavo não conseguiu direcionar a cabeçada e acabou desperdiçando boas chances. O ditado "quem não faz, leva" entrou em ação e, depois de rebote de Jean em finalização de Kelvin, Luís Fabiano aparece para empurrar, já quase em cima da linha, e ampliar.

Wagner, que havia entrado no decorrer da segunda etapa, resolveu dar um pouco mais de emoção à partida. Desatento, acabou perdendo bola para Zé Rafael, que puxou contra-ataque com Allione. O camisa 8 lançou Gustavo pela direita e o atacante fuzilou a meta de Martín Silva, que não conseguiu fazer a defesa e viu a bola morrer no fundo do gol. No fim, em confusão com Gilberto, Armero ainda acabou sendo expulso.

FICHA TÉCNICA

VASCO 2 X 1 BAHIA

VASCO - Martín Silva; Gilberto, Rafael Marques (Breno), Paulão e Henrique; Jean (Bruno Cosendey), Douglas, Mateus Pet e Yago Pikachu (Wagner); Kelvin e Luis Fabiano. Técnico: Milton Mendes

BAHIA - Jean; Eduardo, Éder, Tiago e Armero; Edson, Matheus Sales (Edigar Junio), Juninho e Diego Rosa (Zé Rafael); Gustavo e Maikon Leite (Allione). Técnico: Guto Ferreira.

GOLS - Yago Pikachu, aos 7, Luis Fabiano, aos 29, e Gustavo, aos 35 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Leandro Bizzio Marinho (SP).

CARTÕES AMARELOS - Jean, Martin Silva, Gilberto e Luis Fabiano (Vasco); Armero e Gustavo (Bahia).

CARTÃO VERMELHO - Armero (Bahia).

RENDA - R$ 649.110,00.

PÚBLICO - 17.770 pagantes.

LOCAL - São Januário