Herói do clássico, Manga diz ser 'muito cedo' para pensar em título brasileiro

Colombiano marcou gol de empate e deu passe para Nenê virar a partida

Por O Dia

Rio - Depois de conquistar vitórias sobre Bahia e uma grande virada sobre o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro, a felicidade voltou a São Januário. No clássico, o grande destaque ficou por Manga Escobar, que fez um gol e assistiu outro. O colombiano comemorou a boa atuação, mas foi cauteloso ao traçar objetivos do Vasco.

Jogadores comemoram gol de Manga EscobarMárcio Mercante / Agência O Dia

Desde que Eurico Miranda voltou à presidência do clube, a promessa é de que o Vasco iria "para as cabeças". No entanto, o atacante preferiu adotar tom menos eufórico, ressaltando a dificuldade do Brasileirão.

"Muito cedo para dizer sobre quais objetivos vamos alcançar. Vamos passo a passo. Cada partida é uma final. Vasco nos últimos anos foi rebaixado, e é algo que não queremos repetir. Queremos somar o maior número de pontos. Todas as equipes são muito fortes."

Manga também comemorou sua volta por cima dentro do Cruzmaltino, relembrando que, em sua estreia, acabou cometendo um pênalti. Além disso, destacou a importância do apoio da torcida.

"Aquele momento da estreia foi muito difícil. Cometi um pênalti. Foram semanas difíceis. Mas o grupo me deu apoio. Trabalhei forte para ter mais chances. Futebol é assim, as coisas mudam rapidamente. A torcida tem muita expectativa pelo que pode ser esse ano, mas eu não esperava tanta gente no estádio. Nos entregamos 100%."

Neste domingo, o Vasco viaja até Porto Alegre para enfrentar o Grêmio, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro.