Eurico Miranda sobre candidatura: 'vamos ver se aparece alguém melhor do que eu'

Presidente convocou os vascaínos para o jogo deste domingo, contra o Atlético-GO e garantiu a segurança da torcida durante a partida

Por O Dia

Rio - O presidente do Vasco, Eurico Miranda, conversou com a imprensa na manhã deste sábado, em São Januário. Durante as perguntas, não foi possível fugir do assunto sobre a eleição, que acontecerá em novembro, para definir que comandará o clube nos próximos anos. O atual dirigente do Cruzmaltino falou sobre a possibilidade de candidatura.

Eurico Miranda a segurança dos torcedores em São JanuárioCarlos Gregório Jr/Vasco.com.br

"Eu sou o presidente. Vamos ver se até lá aparece alguém melhor que eu. É natural. Eu só fico no Vasco se o Vasco precisar de mim. Por enquanto, o Vasco precisa de mim, e muito", disse.

Sobre as recentes confusões nas arquibancadas de São Januário, durante jogos com mando do Vasco no Campeonato Brasileiro, Eurico Miranda reforçou que o clube seguirá se esforçando para manter a segurança de seus torcedores e convocou os vascaínos para o jogo deste domingo, contra o Atlético-GO.

"Quero fazer convocação e pedido. No sentido de convocar o torcedor do Vasco para que ele compareça a São Januário. É um jogo de manhã, gostaria de ver muitas famílias aqui. Eles saberem primeiro que venham para um jogo com absoluta segurança, tranquilidade. Como a gente demonstrou, provou, tomamos todas as providências relativas à segurança do jogo, em termos, principalmente, de prevenção e também de repressão. O que peço é que, na verdade, o torcedor que aqui compareça, e ele pode vir, ele não aceite provocações. Apesar de tudo, de saber que se fazem provocações, no sentido de desestabilizar o futebol, sob pretexto de que estamos num período eleitoral, o que não é verdadeiro", afirmou o presidente.

O Vasco recebe o Atlético-GO, neste domingo, às 11h, em São Januário.