Goleiro do Vasco é roubado, agredido e perde três dentes: 'vi a morte de frente'

Durante a ação, os criminosos levaram os pertences do atleta e o agrediram com chutes no rosto

Por O Dia

Rio - Gabriel Félix, terceiro goleiro do Vasco, foi assaltado na última segunda-feira no bairro de Piedade, Zona Norte do Rio. Durante a ação, os criminosos levaram os pertences do atleta de 22 anos e o chutaram no rosto. O goleiro perdeu três dentes.

Gabriel Félix é assaltado e agredidoReprodução Instragram

"Ontem tive a pior sensação da minha vida. Para ser mais sincero, eu vi a morte de frente. Quatro bandidos, sendo três armados com pistolas, nos abordaram. Um deles colocou a pistola na minha cabeça. Não reagi e falei 'perdi, pode levar o que quiser'. O marginal mandou eu deitar no chão e deferiu um chute na lateral do meu rosto. Quebrei dois dentes. Ele roubou meu celular e alguns pertences. Não satisfeito, deu outro chute na minha cabeça, e quebrei outro dente e tive um pequeno corte do queixo", relatou o jogador nas redes sociais.

Abalado, o goleiro destacou o apoio do Vasco depois do ocorrido. Gabriel era da equipe de base da agremiação de São Januário e está no clube desde 2011.

"Mas o que mais me dói e entristece é a sensação de impotência, de covardia. Por fim, agradeço a Deus por ter me dado esse livramento. Quero agradecer ao Vasco por todo o suporte que me deu, aos meus empresários também quero agradecer. E aos amigos que me ajudaram e à minha família por todo o carinho", continuou o jogador.