Em jogo com arbitragem polêmica, Vasco vacila no fim e cede empate ao Sport

Gigante da Colina jogou quase a partida inteira com um jogador a mais

Por O Dia

Pernambuco - Em partida isolada do Brasileirão, nesta segunda-feira, o Vasco esteve bem perto da vitória na Ilha do Retiro. Com um gol de Nenê, a equipe carioca abriu o placar, mas acabou cedendo o empate e a partida do Recife terminou em 1 a 1. O jogo foi marcada por polêmicas na arbitragem de Sandro Meira Ricci.

A atuação do árbitro irritou muito os pernambucanos. Primeiro, por conta da expulsão de Diego Souza, que levou dois cartões amarelos por reclamação e acabou deixando a partida ainda no primeiro tempo.

Depois já no segundo tempo, quando o Sport ainda perdia o jogo, Sandro assinalou pênalti em toque de mão de Anderson Martins. Porém, após conversar com os auxiliares, o árbitro acabou voltando atrás.

Na próxima rodada, o Vasco recebe a Chapecoense em São Januário. Enquanto o Sport sai para enfrentar o São Paulo, no Morumbi. O primeiro jogo acontece no sábado e o segundo no domingo.

Vasco e Sport ficaram no empate por 1 a 1Carlos Gregório Junior/Vasco.com.br/Divulgação

O JOGO

O Sport comandou as ações no primeiro tempo, mas perdeu grandes oportunidades de abrir o placar, principalmente com André. Logo aos seis minutos, Rithely mandou a bola para dentro da área, o atacante apareceu entre dois zagueiros, mas jogou por cima do gol de Martín Silva.

Aos 14, Mena cobrou escanteio para Diego Souza. O meia desviou e a bola sobrou limpa para André, que isolou. O time do Sport se mostrou muito nervoso pela sequência de resultados negativos no Brasileirão, o que ficou explícito em Diego Souza, que acabou sendo expulso por reclamação, após falta cometida por Wellington

Com um a mais, o Vasco cresceu e abriu o placar ainda no primeiro tempo. Anderson Martins lançou Pikachu em velocidade. O lateral invadiu a área e rolou para Nenê colocar no fundo das redes aos 38 minutos.

No segundo tempo, o Sport voltou a crescer, mas pecava nas finalizações. Quando André acertava o alvo, Martín Silva aparecia para salvar o Vasco, como aos 20 minutos, quando defendeu o arremate do atacante.

Já aos 24, ocorreu o lance mais polêmico do jogo. Mena invadiu a área e carimbou Anderson Martins. Sandro Meira Ricci, que estava perto do lance, deu pênalti, mas o auxiliar, bem longe da confusão, avisou que a bola bateu no peito do zagueiro, o que fez com que o árbitro voltasse atrás, irritando Ronaldo Alves. O defensor protestou chutando a bola para fora assim que a partida prosseguiu.

Na base da superação, o Sport ainda conseguiu chegar ao empate. Raul Prata recebeu pela direita e cruzou na cabeça de André, que testou para dar números finais ao duelo, aos 39 minutos: 1 a 1.

Na próxima rodada, o Vasco enfrenta a Chapecoense no sábado, às 16 horas, em São Januário, no Rio. No dia seguinte, às 16h, o Sport visita o São Paulo no Morumbi.

FICHA TÉCNICA
SPORT 1 X 1 VASCO

Local: Ilha do Retiro, em Recife (PE)
Árbitro: Sandro Meira Ricci - SC (FIFA)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho - SP (FIFA) e Marcelo Carvalho Van Gasse - SP (FIFA)
Cartões amarelos: Diego Souza (SPO); Wellington, Jean, Ramon, Bruno Paulista (VAS)
Cartões vermelhos: Diego Souza, aos 19 minutos do primeiro tempo (SPO)
Gols: Nenê, aos 38 minutos do primeiro tempo (VAS); André, aos 39 minutos do segundo tempo (SPO)

Sport: Magrão, Raul Prata, Oswaldo Henríquez, Ronaldo Alves e Mena; Anselmo (Thallyson), Wesley (Osvaldo), Rithely e Diego Souza; Rogério (Lenis) e André / Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Vasco: Martín Silva, Madson (Bruno Paulista), Breno, Anderson Martins e Ramon; Jean (Andrey) e Wellington; Yago Pikachu (Guilherme Costa), Nenê e Mateus Vital; Andrés Rios / Técnico: Zé Ricardo


Com informações do Estadão Conteúdo