Paulo Vitor se defende após jogada de efeito contra Botafogo: 'foi recurso meu'

Jogada gerou muita confusão no clássico do último sábado

Por O Dia

Rio - Vasco e Botafogo fizeram um clássico, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, que terminou com confusão. Paulo Vitor, que substituiu Mateus Vital no fim do segundo tempo, tentou uma 'lambreta' em cima de Arnaldo e gerou revoltou entre os jogadores do Alvinegro.

Paulo Victor tentou uma lambreta e os alvinegros não gostaramReprodução TV

O atacante caiu na sequência da jogada pedindo falta após o choque com Bruno Silva, que não foi marcada pelo árbitro. Os jogadores do Botafogo não gostaram da atitude de Paulo Vitor, mas o jogador defendeu sua jogada e não viu maldade no lance. 

"Futebol tá faltando ousadia e alegria. Respeito o Botafogo, mas os jovens têm que ser ousados e partir para cima. Aquilo foi do jogo. Foi do jogo. Respeito o Botafogo, o Bruno Silva. Fica dentro de campo. Foi um recurso meu. Tem de ter personalidade, partir para cima. Futebol é isso aí. O professor Zé Ricardo pediu para ir para cima. Meu jogo é esse. Mas, como falei, não quis desrespeitar ninguém", disse o jovem jogador. 

Paulo Vitor disse ainda que não se assustou com o jeito que os jogadores do Botafogo reagiram: "Se fosse há três ou quatro meses, ficaria assustado. Hoje, como estou calejado, sei que é do futebol. Sei que estavam de cabeça quente, vida que segue", completou o atacante.